IOGA - Equilíbrio de corpo e mente

IOGA - Equilíbrio de corpo e mente

EXERCÍCIO FÍSICO

  Tupam Editores

0

Teve origem na Índia, há cerca de 5000 anos, onde era praticado por ascetas hindus e integrava a medicina tradicional indiana. Possui inúmeras vertentes e derivações, mas a sua essência é sempre a mesma – a harmonia do corpo, da mente e da alma. Se ainda não percebeu, é de ioga que falamos.

A palavra deriva do sânscrito “yoke” e significa unir, unificar. Trata-se de uma atividade física e mental que visa a união do corpo e da mente, e que promove o equilíbrio integral da pessoa a todos os níveis. É uma jornada individual que leva ao autoconhecimento e autodescoberta, tornando os seus praticantes comprometidos com o bem estar próprio e do mundo em geral.

Praticantes de yoga

Se alguma vez pensou que não é atividade para si, está muito enganado. Já é tempo de abandonar a ideia de que o ioga é apenas para alguns – para os mais novos, para os flexíveis, para as mulheres, ou para pessoas mais sensíveis e espirituais.

O ioga é para todos independentemente da idade, do género, da profissão, das características físicas, e do momento da vida. Mesmo pessoas que possuam doenças como perturbações psicomotoras, do sono, da ansiedade ou obsessão, distúrbios da fala, asma ou com doenças cardiovasculares podem fazê-lo sem receios.

Atualmente praticado e divulgado em todo o mundo, é apreciado principalmente pelo facto de a sua prática regular proporcionar relaxamento muscular, flexibilidade e descontração mental. Parece-lhe bem? Continue connosco para saber mais informações.

Benefícios do ioga

Os benefícios alcançados pelo Ioga são incontáveis, que o digam Madonna, Gisele Bündchen e Beyoncé, seus fãs incondicionais.

Se está curioso e/ou receoso com a prática desta atividade, consulte os principais benefícios e ficará com vontade de se iniciar nesta aventura que trabalha corpo e alma e permite encontrar o equilíbrio. Os resultados são percebidos gradativamente e dependem da regularidade com que é executada.

A melhoria do bem-estar psicológico é comum a todos os praticantes e os benefícios são notórios em várias áreas do corpo e da mente.

Para começar, verifica-se um aumento da flexibilidade. Este é, aliás, um dos principais motivos pelos quais as pessoas começam a fazer ioga. Aqui trabalham-se posições que atuam em todo o corpo, incluindo as articulações – esquecidas em outras modalidades de exercícios –, prevenindo a artrite e outras dores.

O ioga baseia-se numa série de posições repetidas durante algum tempo. Algumas dessas posições irão alongar músculos e tendões que são normalmente focos de dor. Assim, haverá exercícios localizados que poderão melhorar, a longo prazo, as dores corporais.

A prática também ajuda a manter uma postura correta, pois ganha-se maior consciência corporal. O facto acaba por proteger a coluna contra hérnias e até a melhorar a saúde óssea.

A maioria das pessoas associa o ioga a uma vida leve e calma – o que é verdade. Quem pratica regularmente ioga consegue perceber, em pouco tempo, uma diminuição do stress e da tensão. Isto acontece porque a atividade está diretamente ligada à diminuição dos níveis de cortisol – considerada a hormona do stress – no sangue.

Benefícios do yoga

Por outro lado, os níveis de serotonina elevam-se o que dá origem a boa disposição e aumento da autoestima, fatores que mantêm longe a depressão.

Como consequência da diminuição do stress e da ansiedade – em conjunto com o cansaço motivado pelo exercício –, a qualidade do sono melhora em vários aspetos: o tempo que se demora a adormecer, a frequência dos despertares noturnos, entre outros fatores.

Melhora a condição física. Esta é, aliás, inerente a qualquer desporto. A componente física do ioga é parte integrante das várias dimensões físicas, espirituais e mentais da modalidade. Sem um corpo fortificado, os praticantes de ioga acreditam que não é possível elevar a mente e o espírito.

Há muito tempo que o ioga é utilizado para ajudar as pessoas com diabetes. Isto  acontece porque o exercício ajuda a controlar os índices de açúcar no sangue, além de auxiliar na sensibilidade aos efeitos da insulina, e ainda diminui o colesterol LDL, e aumenta o HDL.

Para os não diabéticos, a redução dos níveis de açúcar no sangue também traz vantagens, como a perda de peso.

Além dos benefícios já mencionados, o ioga também favorece aqueles que não se dão bem com a balança. A prática regular do exercício está diretamente ligada à aceleração do metabolismo, o que eleva a queima calórica, e ajuda no processo de emagrecimento.

Para as crianças, os benefícios do ioga também são inúmeros. Preserva a sua flexibilidade, pureza, imaginação e criatividade, tal como a enorme aptidão de aprendizagem, estimula a capacidade de concentração e ainda as prepara para as mudanças hormonais da adolescência e da passagem para a vida adulta ajudando os jovens a manterem-se sempre positivos em relação a si próprios, aos outros e ao mundo.

Agora que já conhece alguns dos benefícios desta tranquila atividade, basta escolher a modalidade que mais lhe convém. Fica desde já a saber que mesmo com variações entre si, todas as linhas seguem os mesmos princípios e se baseiam nos oito pilares do ioga: Deveres, Restrições, Posturas, Respiração, Introspeção, Concentração, Meditação e Iluminação.

Os vários estilos de Ioga

Homem - postura-yoga

Existem vários tipos de ioga (uns centrados na meditação, outros mais exigentes fisicamente), mas todos seguem a máxima de que o corpo e a mente estão intimamente ligados e têm de estar em equilíbrio para que o organismo se mantenha saudável. Os mais praticados em Portugal são:

Ananda Ioga – o objetivo principal desta técnica é aumentar o nível de consciência dos praticantes. É um ioga com exercícios suaves que visam preparar para a meditação – nunca é agressivo ou aeróbico. Às diversas posturas associa afirmações e exercícios que canalizam a energia para o interior do corpo, seja órgãos específicos ou apenas regiões.

Hatha Ioga – é o estilo de ioga mais conhecido e centra-se em três áreas: pranayama (respiração), asanas (posturas) e dhyana (meditação). Quando o praticante já consegue executar corretamente as sequências de posturas, estas chegam a funcionar como massagem interior do organismo, beneficiando órgãos e regiões, conferindo-lhes vitalidade de poder de regeneração.

Swásthya Ioga – também é muito conhecido e praticado no nosso país. Os seus exercícios têm efeitos muito rápidos no aumento de flexibilidade e no fortalecimento dos músculos, tornando-os mais definidos. Beneficia também a coluna vertebral e os sistemas endócrino, respiratório e circulatório.

Hot Ioga – não escalda, mas quase! Surgiu em Beverly Hills, sendo também conhecido por ioga das estrelas. Executado em ambientes aquecidos a temperaturas entre os 38º e os 41º C, esta modalidade ajuda a tonificar, eliminar toxinas, alivia o stress, aumenta a capacidade de concentração, e ainda queima calorias (entre 600 a 900 em comparação com as 400 de uma aula de ioga normal).

Ioga integral – tem como finalidade a integração dos vários aspetos do ser. É composto por uma seleção de técnicas provenientes de vários métodos e estilos de ioga, tais como: Hatha Ioga e Raja Ioga, entre outros.

O objetivo é equilibrar as atitudes físicas, o tónus muscular e o ritmo respiratório, por um lado, e os estados de consciência, por outro. Assim, o praticante, de forma progressiva, vai estando em harmonia com o seu ser.

Ivengar Ioga – este estilo foi criado pelo instrutor B. Ivengar no princípio do século passado. De sequência lenta, espaçada e de permanência prolongada, estas aulas não incluem movimentos dinâmicos ou fluidos. São praticadas poucas posturas pois o método foca-se extremamente no alinhamento detalhado da postura e na permanência prolongada da mesma, para a obtenção dos máximos benefícios.

Para ajudar a conseguir um alinhamento e uma precisão perfeitos durante a execução das posturas são utilizados suportes, como blocos ou cintos.

Raja Ioga – é baseada na meditação e quase não inclui trabalho físico. É uma modalidade que se apoia na experiência do controle do pensamento e sentidos, ensinando os praticantes a apreciar o silêncio interior, proporcionando equilíbrio e serenidade para tomar as melhores decisões.

Propõe a jornada interior como caminho para o equilíbrio e o controlo da própria vida e pensamentos, e ajuda a fazer desaparecer o hábito de pensar, sentir e reagir de forma negativa.

Sivananda Yoga – é um sistema tradicional, exato e fácil de aprender que visa alcançar a meta de união da mente, corpo e espírito através da criação de um corpo e mente saudáveis que levem a um estado de consciência individual, universal e finalmente de evolução espiritual. Consiste em séries de doze posturas com a conhecida saudação ao sol, mantras (espécie de orações musicadas que ao serem pronunciadas emitem vibrações específicas) e respiração.

Se está interessado em entrar no universo do Ioga, o ideal é começar com o Hatha Ioga, um dos mais praticados no mundo.

yoga-casal

Devido à falta de experiência ou conhecimento, podem ocorrer vários erros durante a prática de ioga, que acabam por causar lesões, logo, para os principiantes é essencial a ajuda de um instrutor – depois pode continuar sozinho em casa. Afinal, ela melhora a sua saúde emocional e física como nenhuma outra rotina de fitness. Mais do que uma atividade física, o Ioga pode tornar-se um estilo de vida.

Dicas para praticar ioga em casa

Ao contrário de exercícios que precisam de aparelhos e de uma estrutura específica, o ioga pode ser realizado em qualquer lugar, num intervalo de apenas 20 minutos, e é o treino ideal para se fazer em casa. Aqui, não há horários rígidos, pressas ou distrações, no entanto, antes de esticar o tapete no meio da sala, há que cumprir alguns cuidados básicos.

Comece por criar o seu espaço sagrado: escolha um lugar calmo, onde se sinta confortável, e que tenha espaço suficientemente aberto para ter total liberdade de movimentos. Decore-o ao seu gosto e selecione uma música relaxante. Afaste os móveis antes de iniciar, deixando uma parede vazia onde se possa encostar.

Defina um ritual: depois de estipular um horário para os exercícios, siga-o de forma disciplinada. Ao criar um compromisso consigo próprio, é mais fácil manter uma prática diária que passe a integrar a sua rotina. Ter esse tempo para si é essencial.

tapete-yoga

Treine em segurança: como em qualquer outra atividade física, é necessário dar prioridade à segurança. E não pense que não se pode magoar nesta prática, porque na realidade é bastante frequente. Assim, deve fazer alongamentos e aquecimentos adequados antes de dar início à sessão. A evolução requer tempo e dedicação. Não tenha pressa, não há nenhuma concorrência em casa – só se for consigo mesmo!

Planeie a sua prática: decida todo o processo. Para fazer ioga em casa, precisa de saber o que fazer e por quanto tempo.

Sinta-se confortável e confiante: use roupas confortáveis, não demasiado largas, nem demasiado justas, que lhe permitam transpirar. Opte por peças leves, que lhe permitam movimentar-se facilmente para conseguir executar todas as posturas sem dificuldade.

Comece cedo: cada organismo tem o seu horário ideal para a prática de exercícios, independentemente da modalidade. O ioga deve, de preferência, praticar-se de manhã e em jejum, para evitar o refluxo durante a prática.

Pratique sem telemóvel nem computador por perto: dedique o tempo destinado ao ioga só a si (e não vale pôr o telemóvel em modo vibração). Desfrute desse momento que é só seu.

Então, do que está à espera? Anote estas dicas e execute-as para uma melhor prática de ioga em casa. Só um conselho antes de começar: Respire!

Boas práticas.

Namaste!

Autor:
Tupam Editores

Última revisão:
30 de Julho de 2021

Referências Externas:

ALOÉ VERA, UMA DÁDIVA DA NATUREZA

TRATAMENTOS NATURAIS

ALOÉ VERA, UMA DÁDIVA DA NATUREZA

Como tópico, o aloé vera é utilizado para tratar várias condições da pele, desde queimaduras, cortes, a picadas de insecto, nódoas negras, irritações, entre outras.
0 Comentários