IMPORTÂNCIA DA VITAMINA B12 NO VEGANISMO

IMPORTÂNCIA DA VITAMINA B12 NO VEGANISMO

DIETA E NUTRIÇÃO

  Tupam Editores

0

A vitamina B12 também denominada por cianocobalamina ou simplesmente cobalamina, devido à presença iões de cobalto na sua estrutura, é um micronutriente essencial hidrossolúvel, altamente complexo, envolvido no processo do metabolismo e que previne problemas neurológicos e alguns tipos de anemia, sendo por isso importante para a formação dos glóbulos vermelhos.

A vitamina B12 é produzida naturalmente pelas bactérias para a síntese de ADN (ácido desoxirribonucleico), a partir essencialmente de produtos de origem animal e para a produção de energia celular, sendo uma das 13 vitaminas identificadas no organismo humano pertencente ao grupo das vitaminas hidrossolúveis, a par da vitamina C e outras do complexo B.

Sintetizada por microrganismos, bactérias, fungos e algas, dado que os animais e plantas não têm a capacidade de o fazer, os animais adquirem a vitamina B12 através da ingestão dos alimentos ou pela produção da microbiota intestinal. Daí que esta vitamina pode ser encontrada na carne, no pescado, ovos, lacticínios e derivados, pois os produtos de origem vegetal raramente contêm esta vitamina.

No caso de haver défice de vitamina B12 no organismo, pode dar origem a anemia megaloblástica, fadiga, fraqueza geral, perda de apetite, diminuição da divisão celular e alterações neurológicas, incluindo demência.

A vitamina B12 pode apresentar-se sob muitas formas químicas diferentes, como cianocobalamina, metilcobalamina, desoxicobalamina, desoxiadenosilcobalamina e hidroxicobalamina, sendo a primeira uma forma de vitamina B12 artificial e a mais amplamente utilizada em suplementos e medicamentos prescritos.

A vitamina B12 é usada para tratar a deficiência de vitamina B12 em pessoas com anemia perniciosa e outras condições médicas. Na prática geriátrica, a deficiência desta vitamina no organismo pode originar anemia megaloblástica e sintomas neurológicos desmielinizantes, com danos irreversíveis nos nervos e neuropatia periférica, além de ter forte efeito protetor sobre o declínio cognitivo em idosos.

Já entre os vegetarianos e veganos, embora os alimentos de origem animal contenham vitamina B12, os animais e as plantas não são capazes de a produzir. Por isso, os animais obtêm aquele nutriente a partir da dieta, nomeadamente através do consumo de rações fortificadas, ou de alimentos que contenham vitamina B12 por contaminação com bactérias com capacidade para a sintetizar, presentes no meio ambiente e não só. No caso de animais ruminantes, a presença de bactérias produtoras de vitamina B12 no interior do seu sistema digestivo, a capacidade de a absorver e armazenar, refletem uma interação microbiota-hospedeiro favorável, que explicam a presença desta vitamina nos alimentos de origem animal.

Considerando que o conteúdo de cobalamina nos alimentos de origem vegetal é muito reduzido e dependente da eventual contaminação por bactérias desta vitamina, as pessoas veganas, ao excluírem o consumo de alimentos de origem animal, têm obrigatoriamente de prover o fornecimento de suplementos ou alimentos fortificados. Importa também esclarecer que a insuficiência alimentar não é a única causa de défice, existindo um conjunto de condições funcionais que podem resultar da carência daquele nutriente, com manifestações do défice que incluem sinais e sintomas hematológicos, gastrointestinais, neurológicos e psiquiátricos.

De realçar que o esgotamento das reservas corporais de vitamina B12, podem tornar-se evidentes apenas alguns anos após o início de uma alimentação pobre nesse nutriente, quer devido às baixas necessidades diárias, assim como ao facto de o organismo conseguir uma recaptação eficiente da vitamina B12 através da circulação entero-hepática, um mecanismo através do qual uma pequena fração das reservas de vitamina B12 é excretada pela bile e rapidamente reabsorvida e conservada no organismo.

As fontes alimentares de vitamina B12 adequadas a vegetarianos, são muito restritas. As únicas possíveis e geralmente disponíveis no mercado, incluem os alimentos previamente fortificados com essa vitamina, tais como algumas bebidas vegetais, levedura de cerveja ou nutricional, alternativas vegetais à carne e cereais de pequeno-almoço, tendo presente a necessidade de consumir pelo menos 3 doses diárias de 2 ramas de vitamina B12.

As pessoas que sigam uma alimentação diversificada e em quantidades suficientes, não necessitam, por regra, de tomar suplementos com vitamina B12, salvo se pertencerem a um grupo de risco, devendo nestes casos ser consultado o médico assistente. Em princípio, não existe risco de intoxicação nos quadros de consumo elevado deste nutriente, pois o próprio organismo é capaz de eliminar o seu excesso.

Porém, existem notícias de que o excesso de vitamina B12 tem sido associado a algumas doenças hepáticas, neoplasias do sangue mieloide, doenças autoimunes ou inflamatórias, insuficiência renal e doença de Gaucher.

Reconhecidos os benefícios da vitamina B12, é também importante conhecer algumas contraindicações pois, embora raros, há alguns casos em que ela pode ser fatal. Registam-se principalmente em demências ou paraplegias por défice de vitamina B12 e tanto de forma direta, como acontece em qualquer demência, como indireta, pelas complicações que ambas as situações acarretam, como imobilidade, úlceras de pressão e alguns tipos de infeção.

Autor:
Tupam Editores

Última revisão:
24 de Abril de 2024

Referências Externas:

A NUTRIÇÃO SEGUNDO PEDRO ESCUDERO

DIETA E NUTRIÇÃO

A NUTRIÇÃO SEGUNDO PEDRO ESCUDERO

Podemos tomar como base os 4 princípios da nutrição, fixados por Pedro Escudero, um médico e investigador argentino, que criou em 1937 as leis que ainda hoje servem de orientação para uma prática alim...
ALGUNS MITOS ALIMENTARES

DIETA E NUTRIÇÃO

ALGUNS MITOS ALIMENTARES

A alimentação é o processo pelo qual os organismos obtêm e assimilam alimentos ou nutrientes para desempenho das suas funções vitais.
UMA HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

SOCIEDADE E SAÚDE

UMA HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

O Dia Internacional da Mulher, data dedicada à celebração das conquistas e contribuições das mulheres ao longo da história, bem como à consciencialização sobre as desigualdades de género e à promoção...
DEFICIÊNCIA DE VITAMINA B12 E FOLATO

DOENÇAS E TRATAMENTOS

DEFICIÊNCIA DE VITAMINA B12 E FOLATO

A vitamina B12 também conhecida por cobalamina ou cianocobalamina, é uma das treze vitaminas identificadas no organismo humano e pertence ao grupo das nove vitaminas hidrossolúveis, estando envolvida...
0 Comentários