NUTRIÇÃO

Jejum pode não ser adequado para todas as pessoas

O jejum tornou-se um tema importante no mundo da nutrição; pesquisas já realizadas mostram que este regime está associado a uma variedade de benefícios para a saúde, incluindo perda de peso e níveis reduzidos de açúcar no sangue, colesterol, insulina e inflamação.

Jejum pode não ser adequado para todas as pessoas

Além disso, outros estudos sugerem que o jejum e a restrição calórica, em geral, têm efeitos benéficos no processo de envelhecimento e podem otimizar a reparação celular.

O jejum pode ajudar a melhorar a produção e a atividade de certas enzimas envolvidas na desintoxicação, além de promover a saúde do fígado, um dos principais órgãos envolvidos na desintoxicação.

No entanto, é importante observar que, embora o jejum e a restrição calórica possam promover uma desintoxicação saudável, o corpo possui um sistema inteiro que inclui órgãos como o fígado e os rins, os quais trabalham constantemente para remover resíduos e toxinas do corpo.

Em pessoas saudáveis, tudo o que é necessário para promover a desintoxicação saudável é seguir uma dieta rica em nutrientes, mantendo uma hidratação adequada, descansando e evitando hábitos inadequados, como o tabagismo ou o alcoolismo.

Embora a desintoxicação por meio de vários métodos - incluindo seguir dietas restritivas, tomar certos suplementos e jejuar – se tenha tornado popular entre aqueles que procuram otimizar a saúde, não existem evidências de que o uso dessas práticas seja adequado para todas as pessoas.

Fonte: Healthline

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS