DIABETES

Açúcar presente nas frutas não promove aumento de peso

A ingestão excessiva de açúcar tem sido associada ao aumento de peso e a um maior risco de doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2. As frutas contêm três tipos de açúcar: frutose, glicose e uma combinação dos dois, chamada sacarose, que compõe o açúcar de mesa.

Açúcar presente nas frutas não promove aumento de peso

O açúcar é um tipo de hidrato de carbono, que é a principal e preferida fonte de combustível do corpo durante o exercício físico, porque não é preciso muito esforço para o converter em energia.

Pesquisas têm mostrado que o consumo excessivo de açúcar está associado a uma série de malefícios para a saúde; mas, se as frutas contêm muito açúcar, será a sua ingestão benéfica? Uma lata de refrigerante, por exemplo, contém cerca de 140 calorias de açúcar e nada mais, não oferecendo qualquer benefício à saúde.

Mas a fruta não é apenas açúcar: também fornece vitaminas e minerais, como vitaminas A e C, potássio e folato, além de fibras, o que é bom para a saúde digestiva. Para além disso, as frutas são compostas por antioxidantes, que podem reduzir a inflamação e aumentar a função do sistema imunitário.

Sim, a fruta tem açúcar; algumas, como as mangas ou os mirtilos, são até muito ricas em açúcar; contudo, ingerir uma chávena, ou duas, de mirtilos melhoram a saúde do cerebral e não causam aumento de peso.

Pesquisas anteriores apoiam estas afirmações: uma revisão publicada no Journal of Diabetes Investigation concluiu que quanto mais frutas as pessoas ingerem, menor a probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2.

Além disso, outra revisão publicada no European Journal of Nutrition vinculou o aumento do consumo de frutas a uma menor probabilidade de desenvolver obesidade, cancro, pressão alta e doenças cardiovasculares.

Fonte: Bycling

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS