AÇÚCAR

Reduzir ingestão de açúcar reverte doenças metabólicas crónicas

De acordo com um estudo publicado na revista Obesity, doenças crónicas como a doença hepática gordurosa não alcoólica e a diabetes tipo 2 em crianças costumavam ser raras. As crianças também não costumavam ter sérios fatores de risco para doenças cardiovasculares, mas, atualmente, esse tipo de doenças está a tornar-se cada vez mais prevalente.

Reduzir ingestão de açúcar reverte doenças metabólicas crónicas

Algumas crianças que sofrem dessas doenças têm sobrepeso ou obesidade, mas um número significativo delas não. Isso significa que o aparecimento dessas condições não é puramente baseado no peso.

Para o estudo, os cientistas observaram os efeitos da restrição de açúcar em 43 crianças obesas.

Os jovens participantes, com idades entre nove e 18 anos, foram diagnosticados com pelo menos um outro problema metabólico, como pressão alta ou triglicerídeos elevados (gorduras sanguíneas) ou marcadores de fígado gordo. Durante nove dias, os voluntários seguiram uma dieta com restrição de açúcar.

O objetivo do estudo foi reduzir o teor de açúcar na dieta de uma média de 28 por cento para dez por cento.

Após a conclusão do estudo de nove dias, os parâmetros metabólicos das crianças mudaram significativamente: pressão arterial diastólica média reduzida em 5 mmHg; triglicerídeos diminuídos em 33 pontos; colesterol LDL diminuiu; níveis de insulina foram reduzidos em um terço.

Os cientistas concluíram que as medidas substitutas da saúde metabólica melhoraram após a redução de açúcar na dieta dos participantes, mesmo que eles não perdessem peso ou se exercitassem.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS