INFANTIL

Quanto mais opções de junk food oferecidas mais as crianças comem

Ter muitas opções de junk food pode levar as crianças a comerem essa comida prejudicial para a saúde em excesso, concluiu um estudo do Murdoch Children’s Research Institute, na Austrália.

Quanto mais opções de junk food oferecidas mais as crianças comem

Publicado no International Journal of Obesity, o estudo contou com a participação de 1 800 crianças canadianas com idades entre 11 e 12 anos e os seus pais.

Os cientistas deram recipientes com biscoitos, queijo, barras de cereais, cookies, chocolate e pêssegos para os pais e crianças. O tamanho das caixas e o número de lanches dentro destas variavam de criança para pai e mãe, e os filhos e pais eram separados enquanto comiam.

O número total de gramas e calorias de alimentos ingeridos pelos pais e crianças foi medido, juntamente com a sua atividade física e hábitos de sono.

Os resultados mostraram que o tamanho da caixa teve um grande impacto no quanto as crianças comiam. Os hábitos alimentares dos pais, no entanto, permaneceram inalterados.

Embora a apresentação da embalagem não tenha afetado o quanto as crianças comeram, a quantidade de alimentos disponíveis o fez.

Pesquisas anteriores mostraram que as pessoas fazem opções de comida com base em como esta é apresentada.

O estudo evidencia a necessidade de oferecer às crianças menores quantidades de alimentos e, especificamente, menos e menor variedade de alimentos ricos em gorduras e açúcares, disseram os autores.

Fonte: Boa Saúde

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS