ALIMENTAÇÃO

DECO Proteste defende que Governo adote o Nutri-Score

A DECO Proteste, organização de defesa do consumidor, quer que o Governo adote o Nutri-Score, o logótipo nutricional colorido na frente das embalagens que ajuda os consumidores a escolherem alimentos mais saudáveis.

DECO Proteste defende que Governo adote o Nutri-Score
MUDE SUA ALIMENTAÇÃO, MUDE A SUA VIDA!

DIETA E NUTRIÇÃO

MUDE SUA ALIMENTAÇÃO, MUDE A SUA VIDA!

A organização vai entregar um dossiê aos grupos parlamentares e ao Governo e convida os consumidores a assinarem a carta aberta para exigir o Nutri-Score como esquema de informação nutricional oficial em Portugal, e que está disponível em www.nutri-scorenorotulo.pt.

Interpretar o valor nutricional de um alimento embalado pode ser um quebra-cabeças devido à lista de ingredientes e tabelas nutricionais, que embora relevantes, são complexas, difíceis de interpretar e exigem tempo de análise.

Uma investigação da DECO Proteste, de abril de 2021, revela que 59 por cento dos inquiridos não conseguem, ou acham difícil, perceber se a informação no rótulo nutricional está completa. Interpretá-lo não está ao alcance de quatro em dez inquiridos. Dois em dez afirmam mesmo não entender o impacto da alimentação na saúde.

Alguns estudos provam que o Nutri-Score é um esquema intuitivo. É ainda bem compreendido por pessoas com poucos conhecimentos em nutrição e com baixo nível socioeconómico, o que torna o Nutri-Score uma ferramenta que ajuda a combater as desigualdades sociais.

O logótipo já foi adotado, de forma voluntária, em sete países europeus, reunindo o apoio de várias associações de consumidores e o consenso entre centenas de cientistas e profissionais da área da saúde.

“Se queremos que os consumidores comam melhor, com mais qualidade, diversidade e mais equilibradamente, temos de ajudá-los a interpretar os rótulos nutricionais e escolher os melhores produtos”, explica Dulce Ricardo, coordenadora da área alimentar da DECO Proteste.

“Temos de entregar mais informação ao consumidor, que ele consiga decifrar imediatamente quando olha para o rótulo, daí que, para uma organização como a DECO Proteste, o Nutri-Score seja fundamental e a sua adoção seja essencial no nosso país”, conclui.

Em Portugal existem 5,9 milhões de pessoas com excesso de peso e o número de diabéticos ascende a um milhão. Tanto a obesidade, como a diabetes, são doenças crónicas associadas a uma alimentação inadequada. Chegou o momento de agir e apoiar os portugueses na adoção de dietas saudáveis e promotoras de saúde e bem-estar.

Em Portugal, algumas embalagens alimentares já têm o Nutri-Score. O logótipo retangular na frente das embalagens está dividido em cinco cores, às quais correspondem letras: verde - A, verde-claro - B, amarelo - C, laranja - D e vermelho – E.

Os alimentos são classificados de acordo com o respetivo perfil nutricional. Os A e B podem ser consumidos mais regularmente, enquanto os que têm a classificação entre C e E devem ser consumidos de forma mais moderada.

O sistema consiste na atribuição de pontos consultando para isso a composição nutricional por 100 g ou 100 ml do produto e ainda a lista de ingredientes. Os pontos positivos incluem a proporção de fruta, legumes, leguminosas, frutos secos, azeite e óleo de colza e noz, tal como o teor em fibras e proteínas. Níveis elevados são considerados bons para a saúde. Os pontos negativos incluem energia (calorias), teor em gordura saturada, açúcares e sal. Níveis elevados são considerados prejudiciais à saúde.

O Nutri-Score foi proposto por uma equipa francesa de investigação em nutrição pública, liderada por Serge Hercberg, médico com especialização em epidemiologia e nutrição. É, desde 2017, a escolha da autoridade de saúde francesa, aplicável aos alimentos transformados e pré-embalados, incluindo bebidas não alcoólicas, para colocar na frente dos rótulos.

Fonte: DECO Proteste

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS