PILATES

Pilates melhora significativamente níveis de pressão arterial

Um novo estudo publicado no The American Journal of Hypertension concluiu que a prática de Pilates pode ser uma estratégia eficaz para melhorar a saúde cardiovascular de jovens mulheres obesas, uma população em risco de hipertensão e complicações vasculares precoces.

Pilates melhora significativamente níveis de pressão arterial

Os cientistas estudaram mulheres jovens obesas (com idades entre os 19 e os 27 anos) com pressão arterial elevada e um índice de massa corporal entre 30-40 kg/m2 que, durante 12 semanas, praticaram Pilates.

As participantes não tinham doenças crónicas, não fumavam e realizavam menos de 90 minutos de exercício regular por semana.

Foram realizadas três sessões de treino de uma hora por semana, divididas nas seguintes etapas: aquecimento e alongamento inicial (dez minutos), exercícios gerais de Pilates (40 minutos) e novamente alongamentos (dez minutos).

O treino aumentou ao longo das 12 semanas, com a repetição de cada exercício a aumentar constantemente. Um instrutor certificado de Pilates supervisionou todas as sessões.

Este foi o primeiro estudo a descobrir que as rotinas de Pilates reduziram significativamente a rigidez arterial e a pressão arterial, incluindo a pressão central.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS