ALIMENTAÇÃO

Café combate envelhecimento cerebral

Um estudo publicado na revista Scientific Reports descobriu que, em animais, a cafeína neutraliza os défices cognitivos relacionados com a idade.

Café combate envelhecimento cerebral

Realizado pelo Instituto de Medicina Molecular (iMM), em parceria com o Inserm, em França, o estudo mostrou que um recetor específico no cérebro desempenha um papel fundamental no envelhecimento cerebral.

Os cientistas observaram que a expressão anormal do recetor adenosina A2A induzia prejuízos à memória semelhantes ao envelhecimento em modelos de ratos.

No entanto, os investigadores descobriram que esse recetor é também um alvo da cafeína; nas cobaias, os análogos da cafeína bloquearam os recetores da adenosina A2A e aliviaram as deficiências relacionadas com a memória e o stress, fazendo com que o cérebro retomasse a sua capacidade normal.

Os cientistas acreditam que este estudo mostra que os efeitos pro-cognitivos dos antagonistas do recetor da adenosina A2A, como a cafeína, observados em casos de doença de Alzheimer e de pessoas com comprometimento cognitivo relacionado com a idade, podem contar com uma capacidade de neutralizar a perda dos mecanismos de controlo do stress que ocorrem com o envelhecimento.

O estudo constatou ainda que, para além de ajudar a impedir o envelhecimento cerebral, o consumo de cafeína também traz outros benefícios para a saúde.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS