NUTRIÇÃO

Romãs suprimem células estaminais cancerígenas

Num estudo publicado na revista Nutrition and Cancer, investigadores da Universidade de Albany, nos Estados Unidos, revelaram que as romãs podem ser usadas na prevenção do cancro da mama devido à sua capacidade de suprimir as células estaminais cancerígenas, que se tornaram alvos importantes na terapia do cancro.

Romãs suprimem células estaminais cancerígenas

Os cientistas mostraram que a romã pode reduzir a formação de aglomerados de células da glândula mamária, o que afeta a capacidade das células estaminais cancerígenas de se renovarem.

O estudo também testou os efeitos de extratos de romã na transição epitelial-mesenquimal (EMT), um processo de reprogramação associado à formação de células estaminais cancerígenas e à manutenção das suas caraterísticas.

Os cientistas relataram que o extrato de romã reduz a capacidade de migração de células estaminais de cancro de mama.

Assim, o estudo concluiu que as romãs podem ser usadas na prevenção deste tipo de tumor.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS