SISTEMA IMUNITÁRIO

Género influencia resposta imunitária contra infeções

O género, feminino ou masculino, é importante quando se trata de suscetibilidade a infeções e outras condições de saúde, sendo as mulheres mais afetadas pelas mesmas. A descoberta é de um estudo da Univeridade de Alberta, no Canadá, publicado na revista Frontiers in Immunology.

Género influencia resposta imunitária contra infeções
ANEMIA

DOENÇAS E TRATAMENTOS

ANEMIA



Durante o estudo, os cientistas analisaram como a anemia, uma condição que consiste na falta de glóbulos vermelhos maduros para transportar oxigénio no corpo, pode ocorrer devido a uma deficiência de ferro ou perda de sangue, e pode gerar diferentes respostas imunológicas nos homens e nas mulheres.

Os resultados da investigação mostraram que as mulheres, em geral, possuem mais glóbulos vermelhos imaturos em circulação do que os homens, sendo isto um sinal de anemia. A proporção destas células expande-se em mulheres anémicas e suprimem o sistema imunitário, tornando as mulheres mais suscetíveis a infeções.

Observou-se ainda que as mulheres têm mais glóbulos vermelhos imaturos na sua circulação sanguínea após o seu ciclo menstrual, o que sugere que os sistemas imunitários das mulheres podem ser menos ativos após a menstruação e que as suas probabilidades de contrair uma infeção podem aumentar nesta fase.

Investigações futuras poderão ajudar a identificar os fatores associados às diferenças sexuais nas respostas imunitárias de forma a serem criadas estratégias personalizadas para os pacientes, destacou Shokrollah Elahi, que liderou o estudo.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS