CARDIOLOGIA

Há um novo método para monitorização da atividade cardíaca

Cientistas da Universidade de Bern, na Suíça, desenvolveram um método de medição que combina o registo ótico e elétrico da ativação ventricular cardíaca que, em conjunto com a otogenética, permitirá descobrir o que influencia o ritmo cardíaco. O estudo foi publicado na revista Nature Communications.

Há um novo método para monitorização da atividade cardíaca
INVISTA NA SUA SAÚDE

MEDICINA E MEDICAMENTOS

INVISTA NA SUA SAÚDE



Durante o estudo, foi usada uma abordagem otogenética, que recorre à luz para controlar o comportamento elétrico de tipos celulares definidos, como os fibroblastos, permitindo, desta forma, a avaliação do seu envolvimento no processo de ativação cardíaca.

A investigação revelou que os fibroblastos e os macrófagos podem afetar adicionalmente a propagação do potencial de ação e, assim, desempenhar um papel na determinação da função cardíaca.

Os cientistas criaram um novo sistema experimental denominado POEMS e testaram-no em ratos. Observou-se que o POEMS permite medições e estimulação ótica e elétrica simultâneas que se estendem por toda a superfície ventricular dos corações.

A superfície interior do POEMS é revestida por 294 fibras óticas e 64 elétrodos que podem ser configurados individualmente como locais de medição e estimulação, permitindo assim uma adaptação precisa.

O sistema POEMS fornece medições congruentes e altamente precisas da propagação do potencial de ação ventricular com diferenças entre tempos de ativação determinados oticamente e eletricamente inferiores a um milissegundo, disseram os autores do estudo.

Fonte: Medgadget

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS