OFTALMOLOGIA

Retinopatia associada a maior risco de demência e AVC

De acordo com um estudo da Clínica Mayo, nos Estados Unidos, adultos mais velhos com retinopatia têm maior risco de sofrer um acidente vascular cerebral (AVC), bem como possíveis sintomas de demência. E, em média, estes morrem mais cedo do que pessoas da mesma idade sem este problema de visão.

Retinopatia associada a maior risco de demência e AVC
DEMÊNCIA

DOENÇAS E TRATAMENTOS

DEMÊNCIA

A retinopatia é uma doença da retina, o tecido sensível à luz na parte posterior do olho. Geralmente é causada por diabetes ou pressão alta, que podem danificar os pequenos vasos sanguíneos que irrigam a retina. Pode causar alterações na visão, como dificuldade para ler ou ver objetos distantes.

Nos estágios posteriores, os vasos sanguíneos danificados podem vazar e causar distúrbios visuais, como manchas escuras ou listas semelhantes a teias de aranha.
Estudos já realizados têm relacionado a retinopatia mais grave com um risco maior de AVC hemorrágico (derrame).

Neste novo estudo, os cientistas descobriram que as pessoas com sinais de retinopatia tinham duas vezes mais probabilidade de relatar uma história de derrame, em comparação com aquelas sem evidências da doença ocular.

Da mesma forma, eles eram 70 por cento mais propensos a relatar problemas de memória, um indicador potencial de demência. Na década seguinte, as pessoas com retinopatia mais grave enfrentaram um risco duas a três vezes maior de morrer.

A análise envolveu mais de 5 500 adultos norte-americanos que participaram de um estudo de saúde governamental. Todos foram submetidos a exames de retina para diagnóstico de retinopatia.

Quase 700 tinham a doença ocular, enquanto 289 tinham histórico de derrame e cerca de 600 relataram problemas de memória. Em média, as pessoas com retinopatia apresentavam riscos elevados de acidente vascular cerebral e problemas de memória - mesmo depois da idade, diabetes e pressão alta foram levados em consideração.

Os investigadores explicam que não está claro se a retinopatia realmente prediz um futuro derrame ou problemas de memória. Os participantes do estudo foram questionados sobre o histórico de AVC e problemas de memória ao mesmo tempo em que foram avaliados para retinopatia, mas não se esclareceu qual das condições surgiu primeiro.

Na próxima etapa do estudo, os autores pretendem acompanhar os pacientes com retinopatia ao longo do tempo, a fim de ver se a condição prevê maior risco de AVC e se o diagnóstico de retinopatia faz diferença nesse risco.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS