EUTANÁSIA

Maioria dos portugueses a favor da eutanásia

A maioria dos portugueses são a favor da despenalização da eutanásia. Aqueles que são contra apontam a religião como causa principal para essa opção. Estas são conclusões de um estudo realizado pela multidados.com – the research agency – em parceria com a Guess What.

Maioria dos portugueses a favor da eutanásia

A maioria dos portugueses – 85,5 por cento – é a favor da discussão do tema mesmo que apenas 13,6 por cento dos inquiridos admita conhecer perfeitamente o assunto, enquanto 56,5 por cento diz conhecer o tema razoavelmente.

O estudo mostrou que 80,8 por cento dos inquiridos são a favor de um possível referendo, sendo que, destes, 67,8 por cento votariam a favor da despenalização e, caso a despenalização avançasse, 61,1 por cento dos portugueses considera que esta deveria ser administrada pelos médicos. No que toca à condição psicológica dos doentes, a maioria – 73,9 por cento – considera que deve haver avaliação psicológica. 

Relativamente à decisão final sobre a existência ou não de eutanásia, 75,8 por cento dos inquiridos considera que esta deve ser tomada pelo doente.

O local onde a eutanásia deve ocorrer seria, para 36,9 por cento, um hospital, seguido por outra opção à escolha do doente (31,3 por cento).

O estudo foi realizado por via dos métodos CATI (Telefónico) E CAWI (online) a uma base de dados de utilizadores registados na plataforma da multidados.com. Foram recolhidas e validadas 1 000 respostas entre os dias 14 e 19 de fevereiro de 2020.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS