ALIMENTAÇÃO

Consumo de milho azul é benéfico contra síndrome metabólica

Pesquisas recentes sugerem que o milho azul tem o potencial de proteger contra uma variedade de condições, como doenças cardiovasculares e síndrome metabólica.

Consumo de milho azul é benéfico contra síndrome metabólica

Um estudo publicado no Journal of Medicinal Food descobriu que ratos com síndrome metabólica induzida por dieta mostraram melhorias promissoras quando receberam extrato de milho azul.

Realizado pela Universidade de Veracruz, no México, o estudo sugere que a adição de milho azul à dieta pode ser uma maneira saudável e eficaz de combater a síndrome metabólica e uma variedade de outras doenças crónicas.

Para investigar se o milho azul pode mitigar os efeitos de uma dieta pobre e ajudar a combater a síndrome metabólica, os cientistas alimentaram os ratos com uma dieta rica em açúcar e colesterol por 12 semanas para induzir a síndrome metabólica.

Depois, os animais foram separados em quatro grupos de dieta por mais quatro semanas: o primeiro grupo recebeu uma dieta rica em açúcar, outro recebeu uma dieta rica em colesterol, um grupo recebeu uma combinação dos dois e o último grupo recebeu uma combinação de dieta rica em açúcar e em colesterol, mas foi suplementada com extrato de milho azul.

Comparado ao resto dos grupos, o grupo do milho azul apresentou melhorias significativas na lipoproteína de alta densidade (HDL) e no colesterol total, pressão arterial sistólica e níveis de triglicerídeos no sangue. Os ratos também exibiram uma redução significativa no ganho de gordura abdominal.

Embora ainda haja a necessidade de mais estudos para ver os potenciais benefícios para saúde humana, os cientistas acreditam que as suas descobertas mostram que o milho azul é uma opção promissora para o tratamento da síndrome metabólica.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS