PNEUMONIA

Pneumonia responsável por 16 mortes e 80 internamentos por dia

Embora seja uma das principais causas de mortalidade, de morbilidade, de perda de qualidade de vida e de consumo de recursos de saúde a nível global, a pneumonia é particularmente preocupante em Portugal, onde continua a ser a doença respiratória que mais mata.

Pneumonia responsável por 16 mortes e 80 internamentos por dia

Dentro dos países da OCDE, Portugal está entre os que apresentam maior taxa de mortalidade por pneumonia. “Os dados mais conhecidos e validados revelam cerca de 80 internamentos e 16 óbitos, por dia”, afirma Filipe Froes, em representação da Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP).

No entanto, “este peso que a pneumonia tem em termos de mortalidade no nosso país pode estar relacionado com a diferente metodologia e valorização das causas de morte”, acrescenta o pneumologista.

Por outras palavras, em Portugal, a causa da morte pode estar a ser atribuída à pneumonia quando, na base, está uma doença mais grave. Realidade que pode não acontecer noutros países, onde é valorizada como causa de morte a doença de base que se agrava perante um quadro de pneumonia.

“A incidência de pneumonia aumenta com a idade, é mais frequente nos homens, nos fumadores, nos doentes imunocomprometidos e nos portadores de doenças crónicas como a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), diabetes, insuficiência renal, cardíaca ou hepática”, descreve o especialista.

Embora tenha uma incidência mais elevada nos períodos mais frios, a pneumonia não é uma doença sazonal, podendo ocorrer em qualquer altura do ano.

Segundo Filipe Froes, prevenir a pneumonia passa por atuar nos fatores de risco associados ao estilo de vida: evitar a ingestão de bebidas alcoólicas e o consumo de tabaco, manter as doenças crónicas controladas, manter uma boa higiene oral, usar criteriosamente as terapêuticas imunossupressoras e manter um bom estado nutricional (ATCHIN) e fazer a vacinação antigripal e contra o pneumococos, que é o principal microrganismo responsável pela pneumonia.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS