ALIMENTAÇÃO

Almôndegas não devem ser misturadas com molho de tomate

Um estudo da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, concluiu que alguns dos benefícios anti-cancerígenos do tomate, especificamente os de um composto chamado licopeno, podem ser neutralizados se a fruta for consumida com alimentos ricos em ferro, como a carne.

Almôndegas não devem ser misturadas com molho de tomate

A equipa de investigadores norte-americanos analisou o sangue e o fluído digestivo de um pequeno grupo de estudantes de medicina depois de consumir bebidas à base de extrato de tomate com ferro e numa versão sem ferro.

Os níveis de licopeno foram significativamente mais baixos quando os participantes beberam a refeição líquida misturada com um suplemento de ferro.

“Tal pode ter potenciais complicações sempre que uma pessoa consome algo rico em licopeno e ferro (como um molho à bolonhesa)”, diz a cientista Rachel Kopec. Segundo a investigadora, a pessoa absorve apenas metade do licopeno de uma mesma refeição quando ingere alimentos com um teor elevado de ferro.

O licopeno é um composto responsável pela cor vermelha e alaranja encontrada nos tomates, melancia, couve roxa e mamão.

Alguns estudos anteriores sugeriram que esse pigmento possui algumas propriedades antioxidantes que poderiam ajudar a proteger as pessoas de doenças como a depressão, AVC, problemas cardíacos e talvez até do desenvolvimento de alguns tipos de tumores.

Até ao momento, os investigadores ainda não conseguiram explicar exatamente o que ocorre para diminuir a absorção do licopeno no organismo, mas suspeitam que o ferro ajudaria a oxidar o composto, criando produtos metabólicos diferentes.

Fonte: Notícias ao Minuto

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS