SONO

Má qualidade do sono pode prejudicar perda de peso

Investigadores da Universidade Rovira i Virgili, em Itália, examinaram se a qualidade do sono está relacionada com a perda de peso e a redução do tecido adiposo.

Má qualidade do sono pode prejudicar perda de peso

Pulicado no International Journal of Obesity, o estudo avaliou as mudanças de peso e adiposidade de 1 986 indivíduos que participaram na pesquisa, que teve a duração de um ano; todos os indivíduos tinham excesso de peso, obesidade e síndrome metabólica.

Os pacientes seguiram um programa de intervenção intensiva em termos de estilo de vida projetado para perda de peso, baseado numa dieta mediterrânica com baixas calorias, atividade física e terapia comportamental.

Os cientistas observaram que os indivíduos com padrões de sono altamente variáveis, isto é, que não dormiam o mesmo número de horas todas as noites, no início do estudo, perderam menos peso após um período de acompanhamento de 12 meses.

Além disso, uma alta variabilidade do sono e pouco sono - menos de seis horas - por dia foram associados a uma menor diminuição no índice de massa corporal e na circunferência da cintura.

Estes resultados revelam que a adoção de medidas para alcançar um padrão de sono adequado pode ter impacto na manutenção do peso ideal e na prevenção de outros distúrbios metabólicos associados ao excesso de gordura corporal.

Fonte: Eurekalert

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS