Chip inovador deteta 100 alérgenos usando sangue seco

100


Chip inovador deteta 100 alérgenos usando sangue seco

  Tupam Editores

Um exame para testar a sensibilização a alérgenos normalmente requer a recolha de uma amostra de sangue para análise em laboratório, um processo que está fora do alcance de milhões de pessoas, além de custar caro.

Por isso, a equipa do professor Rudolf Valenta, da Universidade Médica de Viena, na Áustria, criou um “Chip da Alergia” (Allergy Chip), um pequeno dispositivo capaz de testar simultaneamente múltiplos alérgenos de forma rápida e barata, dispensando o envio da amostra a um laboratório.

Os cientistas demonstraram que o Chip da Alergia funciona tão bem quanto os testes de alergia feitos em laboratório, mesmo usando sangue seco, recolhido numa tira de papel absorvente disponível em todo o mundo, dispensando procedimentos especiais de recolha e armazenamento de sangue.

Chip alérgenos

As amostras de sangue seco produzem os mesmos resultados que a análise de soro fresco, não importando quanto tempo o sangue seco ficou armazenado num envelope plástico ou mesmo a que temperatura foi submetido, explicaram os autores.

“Nós medimos a temperaturas de +37° C, +4° C e -20° C. O resultado foi sempre o mesmo”, disse a pesquisadora Victoria Garib.

O teste envolveu recolher o sangue num pequeno pedaço do papel absorvente; posteriormente, o sangue é misturado com um líquido num pequeno recipiente de plástico, filtrando os anticorpos numa centrífuga e, em seguida, aplicado ao chip, que, atualmente, pode testar o sangue para até 100 alérgenos de uma só vez, de pólen, gramíneas e alérgenos alimentares até picadas de abelhas e várias substâncias aparentemente inofensivas do meio ambiente, como pó doméstico.

ARTIGO

Autor:
Tupam Editores

Última revisão:
29 de Abril de 2019

Mais Sobre:
SANGUE DM ALERGIAS

Referências Externas:

Relacionados

CONTAMINAÇÕES HOSPITALARES

O conceito geral de hospital tem a sua origem no vocábulo latino hospes (hóspede ou hospedeiro) do qual resulta hospitalitas (hospitalidade), noção que ao longo do tempo passou a dizer respeito à qual...

MEDICAÇÃO PERSONALIZADA

“A educação dos profissionais de saúde em farmacogenética como parte de seu currículo em farmacologia, e a exposição de seu potencial para a população em geral, serão indispensáveis para o sucesso da...

Destaques

CONHECE O PODER DO SORRISO?

Dias cansativos, trabalho que nunca mais acaba, stress, correrias, casa para arrumar, filhos para acompanhar, contas para pagar, para além daqueles problemas ou situações mais negativas que, por vezes...

BIOTECNOLOGIA: A ALQUIMIA DOS TEMPOS MODERNOS

O toque de alvorada da indústria da biotecnologia soou quando se realizaram as primeiras experiências de splicing genético, isto é, a modificação da informação genética do DNA para o RNA após a transc...
0 Comentários