OFTALMOLOGIA

SPO alerta: saúde ocular depende de consultas regulares

No âmbito do Dia Mundial da Visão, que este ano se celebra a 14 de outubro, a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) vai promover, com o apoio da Roche, uma campanha de sensibilização, materializada num vídeo (https://we.tl/t-uZeUWqkyKR), junto da população. O principal objetivo é informar os portugueses para as causas de cegueira evitável, e incentivar a prevenção.

SPO alerta: saúde ocular depende de consultas regulares
OFTALMOLOGIA

DOENÇAS E TRATAMENTOS

OFTALMOLOGIA


Os dados são preocupantes: a cada cinco segundos há um adulto a ficar cego no mundo, e a cada minuto o mesmo acontece a uma criança. O Dia Mundial da Visão pretende lembrar que as principais causas de cegueira no mundo podem ser prevenidas e/ou tratadas se as populações tiverem acesso a cuidados de saúde adequados.

Na população portuguesa as principais causas de cegueira e de perda de visão irreversível são a Degenerescência Macular Relacionada com a Idade (DMI), a retinopatia diabética e o glaucoma.

Em Portugal tem-se vindo a assistir a um aumento de casos de baixa visão por DMI. A doença é a principal causa de perda de visão acima dos 65 anos. Entre os sintomas iniciais, que muitas pessoas consideram normais devido à idade, estão a distorção das imagens e o aparecimento de manchas, mas a situação nada tem de normal e deve ser acompanhada por um profissional.
No que diz respeito à retinopatia diabética, o rastreio está implementado a nível nacional e é fundamental para reduzir a perda de visão e a cegueira, associadas à patologia.

Para além das doenças já enumeradas, são também causas de perda de visão a miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia - situações que podem ser corrigidas com óculos, lentes de contacto ou cirurgia Laser ou implante de lentes. Já a catarata pode ser corrigida com elevado sucesso com cirurgia, evitando a progressão até à cegueira.

Nesta altura do ano, com as primeiras semanas de escola, é igualmente importante estar atento às crianças. O Rastreio Nacional de Saúde Visual prevê rastreios simples aos 2 e aos 4 anos, mas caso estes não tenham ocorrido, (e muitos estiveram suspensos devido à Pandemia COVID-19) devem ser reagendados ou então ser realizada uma consulta com um Médico Oftalmologista.

Os cuidados com a visão devem manter-se ao longo da vida, e não numa determinada faixa etária, nunca é demais fomentar a consulta regular com um Oftalmologista.

Segundo o Prof. Rufino Silva, Presidente da SPO e Médico Oftalmologista em Coimbra, a melhor forma de travar a doença é um diagnóstico precoce.
A prevenção, o diagnóstico precoce e o tratamento atempado são fundamentais para evitar a perda de visão que é muitas vezes irreversível e com elevados custos para o doente, a família e para a sociedade em geral.

A SPO decidiu este ano lançar uma iniciativa aberta a todos os que gostam de fotografia, como forma de chamar a atenção para o lema da campanha mundial: #loveyoureyes - ama os teus olhos.
Assim, serão pedidas fotografias que mostrem olhos de pessoas com o intuito de focar a atenção num dos órgãos mais importantes do nosso corpo. Os vencedores terão um prémio na área da fotografia.

Fonte: Tupam Editores

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS