ALIMENTAÇÃO

Alimentos oferecidos até aos 10 anos determinam formação do paladar

Uma vez desenvolvido o paladar, cada pessoa terá a tendência de preferir ou escolher alimentos com os sabores que mais lhe agrada, que ficaram na sua memória gustativa. Mas é possível mudar os hábitos para consumir novos alimentos, explicam especialistas.

Alimentos oferecidos até aos 10 anos determinam formação do paladar
AMAMENTAÇÃO

GRAVIDEZ E MATERNIDADE

AMAMENTAÇÃO

O paladar começa a ser desenvolvido normalmente na oitava semana de vida intrauterina. Os alimentos que a mãe ingere são digeridos no estômago e os nutrientes incorporados na corrente sanguínea e transferidos para o líquido amniótico, do qual o bebé se alimenta.

Quando o bebé nasce, alimenta-se do leite materno, que também transfere para este os nutrientes e sabores do que a mãe come. Por volta dos seis meses de idade, inicia-se a introdução de novos alimentos na dieta do bebé, que é determinante para o desenvolvimento do seu paladar.

Aquilo que é oferecido às crianças até aos dez anos de idade, período durante o qual o paladar é desenvolvido, será provavelmente o que ela irá preferir comer para o resto da vida.

Quando nascemos, temos cerca de 7500 botões gustativos. Por isso as crianças têm o paladar muito aguçado. No entanto, elas ainda não têm a memória sensorial formada, ou seja, não viveram experiências de contato com muitos alimentos, como os adultos, explicam os especialistas.

Ao longo da vida, estes botões gustativos diminuem, o que significa que a perceção do sabor dos alimentos pode ser modificada. Aos 18 anos, temos apenas cerca de 2500 botões gustativos. E a partir dos 65 anos, o número diminui gradualmente até cerca de 1500 botões gustativos quando atingimos os 70 anos de idade.

Fonte: O Globo

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS