NEFROLOGIA

Flutuação de peso pode prejudicar adultos com doença renal

Um estudo recente associou as flutuações de peso - ou variabilidade do índice de massa corporal - a maiores riscos de problemas cardiovasculares e morte precoce em adultos com doença renal crónica.

Flutuação de peso pode prejudicar adultos com doença renal
O FLAGELO DAS DOENÇAS RENAIS

DOENÇAS E TRATAMENTOS

O FLAGELO DAS DOENÇAS RENAIS

A variabilidade do índice de massa corporal está associada a maiores riscos de as pessoas desenvolverem doenças cardiovasculares; como a doença cardiovascular é a principal causa de morte em indivíduos com doença renal crónica, os investigadores examinaram se a variabilidade do IMC poderia afetar o prognóstico de pacientes com disfunção renal.

O estudo incluiu 84 636 pacientes com doença renal crónica; durante um acompanhamento médio de quatro anos, 6 por cento dos participantes morreram, 4 por cento necessitaram de terapia de substituição renal, 2 por cento sofreram um ataque cardíaco e 3 por cento sofreram um acidente vascular cerebral.

Em comparação com os indivíduos com a menor variabilidade do índice de massa corporal, aqueles com a maior variabilidade do índice de massa corporal enfrentaram um risco 66 por cento maior de morrer, um risco 20 por cento maior de necessitar de terapia de substituição renal, um risco 19 por cento maior de sofrer um ataque cardíaco, e um risco 19 por cento maior de sofrer um acidente vascular cerebral.

Os resultados foram publicados na revista JASN.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS