VACINA

COVID-19: vacina da Pfizer/BioNTech eficaz contra variante inglesa

As farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram que um novo estudo sobre a sua vacina contra o novo coronavírus é provavelmente altamente eficaz contra a variante do SARS-CoV-2 identificada pela primeira vez no Reino Unido.

COVID-19: vacina da Pfizer/BioNTech eficaz contra variante inglesa
VACINAÇÃO

SOCIEDADE E SAÚDE

VACINAÇÃO

No estudo, que ainda não foi revisto por pares, as farmacêuticas referem que a variante em causa foi efetivamente neutralizada pela vacina Pfizer/BioNTech.

Segundo os autores, a vacina da Pfizer/BioNTech atua ao criar as defesas imunológicas do corpo contra o novo coronavírus, incluindo esta nova variante.

Durante esta investigação, foram avaliados mais de 12 doentes com mais de 55 anos de idade.

O CEO da BioNTech, Ugur Sahin, disse que os resultados do estudo mostram que é “muito improvável” que a nova variante inglesa não seja controlada pela vacina da Pfizer/BioNTech.

Os cientistas disseram, no entanto, que estão já a preparar-se para possíveis alterações que sejam necessárias realizar à vacina para responder a outras mutações do novo coronavírus.

A BioNTech afirmou que demoraria cerca de seis semanas para desenvolver uma vacina modificada. As farmacêuticas Moderna e AstraZeneca, que têm vacinas contra a COVID-19 já aprovadas, disseram que também estão a testar as suas imunizações contra a nova variante inglesa.

Para além da variante inglesa, pelo menos mais duas variantes do SARS-CoV-2 sugiram na África do Sul e no Brasil.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS