CIRURGIA

Cirurgia bariátrica aumenta expetativa média de vida de obesos

Pessoas que se submeteram a uma cirurgia bariátrica vivem até três anos mais, em média, do que aquelas que receberam um tratamento convencional para o controlo da obesidade, de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Gotemburgo, na Suécia.

Cirurgia bariátrica aumenta expetativa média de vida de obesos

Em comparação com a população em geral, no entanto, a taxa de mortalidade de ambos os grupos permaneceu elevada.

Os resultados, publicados no New England Journal of Medicine, foram baseados num estudo que teve inicio em 1987; esta investigação integrou dados de 2 007 pacientes adultos submetidos a uma cirurgia bariátrica e de um grupo de controlo de 2 040 que recebeu tratamento convencional (não cirúrgico) para obesidade. Também foi incluído um grupo de referência representativo de 1 135 pessoas da população em geral.

Entre aqueles que se submeteram à cirurgia, a expetativa média de vida estimada foi de três anos a mais do que em pessoas tratadas com cuidados não cirúrgicos para obesidade, mas 5,5 anos mais curta do que a da população em geral.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS