PULMÃO

Aumento de peso ligado a declínio acelerado da função pulmonar

A função pulmonar diminui naturalmente ao longo da vida humana; no entanto, esse declínio é mais acentuado em indivíduos que experimentam ganhos de peso moderados ou altos, de acordo com um novo estudo liderado pelo Instituto de Barcelona para a Saúde Global (ISGlobal), em Espanha, que analisou o efeito das alterações de peso na saúde respiratória durante um período de 20 anos.

Aumento de peso ligado a declínio acelerado da função pulmonar

Publicado na revista Thorax, o estudo baseou-se em dados recolhidos de 3 700 participantes, que tinham entre 20 e 44 anos no início do estudo.

Os participantes foram submetidos repetidamente a medições de peso e função pulmonar entre 1991 e 2014.

Embora pesquisas anteriores tenham mostrado que o aumento de peso estava relacionado com o declínio da função pulmonar, este foi o primeiro a analisar uma amostra populacional tão variada num período de tempo tão longo, uma vez que a maioria dos estudos anteriores teve períodos de acompanhamento relativamente curtos, de, no máximo, dez anos.

O estudo descobriu que pessoas com um índice de massa corporal dentro das taxas recomendadas, pessoas com sobrepeso e pessoas obesas experimentaram um declínio acelerado da função pulmonar quando aumentaram o peso.

Por outro lado, a perda de peso ajudou a atenuar o declínio da função pulmonar em pessoas obesas.

Além disso, pessoas que mantiveram o seu peso baixo durante toda a vida adulta exibiram um declínio muito menos pronunciado na saúde respiratória.

De acordo com os cientistas, existem dois mecanismos que podem ajudar a explicar a associação entre o aumento de peso e saúde pulmonar: primeiro, o aumento de peso pode afetar a função pulmonar através de efeitos mecânicos, uma vez que a massa de gordura abdominal e torácica provavelmente limita o espaço para expansão pulmonar durante a inspiração.

Segundo, o aumento de peso pode prejudicar a função pulmonar através de processos inflamatórios, uma vez que o tecido adiposo – a área onde a gordura se acumula – é uma fonte de substâncias inflamatórias que podem danificar o tecido pulmonar e reduzir o diâmetro das vias aéreas.


TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS