FITOTERAPIA

Extrato de folha de oliveira pode reduzir risco de várias doenças

Um crescente corpo de evidências mostrou que os extratos de folhas de oliveira são uma fonte natural de bem-estar com propriedades terapêuticas. Os extratos de folhas de oliveira têm os mesmos benefícios que o azeite, mas de uma forma muito mais concentrada e possuem polifenóis que ajudam a proteger contra muitos problemas de saúde.

Extrato de folha de oliveira pode reduzir risco de várias doenças

Pessoas com hipertensão, ou pressão alta, podem beneficiar do consumo de extrato de folha de oliveira. Um estudo publicado na revista Phytomedicine descobriu que o extrato de folha de oliveira é tão eficaz quanto o Captopril, um medicamento para baixar a pressão arterial, no tratamento da pressão arterial elevada.

Outro estudo, publicado no European Journal of Nutrition, comparou os efeitos do extrato de folha de oliveira com um placebo; após seis semanas, os resultados mostraram que aqueles que tomaram o extrato de folha de oliveira tiveram uma pressão sanguínea significativamente menor do que aqueles que tomaram o placebo.

Evidências preliminares sugerem que o extrato de folha de oliveira também pode melhorar os níveis de colesterol. Num estudo publicado na revista Phytotherapy Research, cientistas alimentaram ratos com uma dieta rica em colesterol ou normal.

Os investigadores também forneceram extratos de folhas de oliveira para alguns ratos de ambos os grupos. Após oito semanas, os ratos com colesterol elevado que receberam extratos de folhas de oliveira apresentaram níveis significativamente mais baixos de colesterol do que aqueles que receberam apenas uma dieta rica em colesterol.

Por fim, a oleuropeína presente nas folhas das oliveiras pode ajudar a prevenir o aumento de peso, segundo um estudo publicado na revista Chemico-Biological Interactions; durante este estudo, cientistas alimentaram ratos obesos com oleuropeína, durante uma dieta rica emcolesterol.

Após o tratamento, os cientistas descobriram que os ratos tinham um peso corporal menor, menos tecido adiposo e um perfil metabólico aprimorado.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS