Cirurgia de catarata diminui declínio cognitivo em idosos

Cirurgia de catarata diminui declínio cognitivo em idosos

MATURIDADE E REFORMA

  Tupam Editores

0

A cirurgia de catarata está associada a uma redução na taxa de declínio cognitivo entre os idosos, de acordo com um estudo publicado na revista PLoS ONE.

Investigadores da Universidade de Manchester, no Reino Unido, usaram dados do English Longitudinal Study of Ageing Onda 1 (2002/2003) até à Onda 7 (2014/2015) para examinar trajetórias de declínio cognitivo antes e depois da realização de cirurgia de catarata.

O grupo de tratamento foi composto de 2068 indivíduos submetidos à cirurgia de catarata entre a Onda 2 e a Onda 6 e 3636 indivíduos de score de propensão com ausência de doença de catarata que foram incluídos como grupo controlo.

Cirurgia a cataratas

Os pesquisadores descobriram que, após o controlo de possíveis covariáveis, a cirurgia de catarata correlacionou-se positivamente com os scores de memória episódica.

Com a idade avançada, houve um declínio nos scores de memória episódica; o declínio foi mais lento após a cirurgia de catarata versus antes da cirurgia de catarata.

Antes da intervenção, a memória episódica diminuiu mais lentamente entre aqueles no grupo controlo versus aqueles no grupo de intervenção, enquanto após a intervenção, os declínios nos scores de memória episódica foram semelhantes.

Estas descobertas confirmam a hipótese da cascata, segundo a qual a cirurgia de catarata pode permitir uma melhor entrada visual e, assim, resultar numa taxa mais lenta de declínio cognitivo por meio de vários mecanismos potenciais associados.

MEMÓRIA, BASE DO CONHECIMENTO - O que é e como funciona?

MENTE E RELACIONAMENTOS

MEMÓRIA, BASE DO CONHECIMENTO - O que é e como funciona?

De forma razoavelmente simplificada, a memória humana pode ser definida como a capacidade inata do cérebro para obter, armazenar e evocar informações disponíveis no cérebro – a chamada memória biológi...
CEFALEIAS, O MELHOR É NÃO PERDER A CABEÇA

DOENÇAS E TRATAMENTOS

CEFALEIAS, O MELHOR É NÃO PERDER A CABEÇA

Popularmente conhecida por dor de cabeça, a cefaleia é um problema muito frequente e uma das queixas mais comuns nas consultas de clínicos, pediatras ou neurologistas.
0 Comentários