Oceanário de Lisboa lança nova campanha para acabar com a poluição dos oceanos

Oceanário de Lisboa lança nova campanha para acabar com a poluição dos oceanos

PARQUES & ZOO

  Tupam Editores

4

A Fundação Oceano Azul e o Oceanário de Lisboa relançaram a campanha “O que não acaba no lixo acaba no mar” – uma iniciativa que pretende sensibilizar os portugueses para o papel ativo que cada um deve ter na redução do lixo nos oceanos.

Este é o segundo ano em que as duas entidades investem numa campanha de sensibilização que pretende alertar para a problemática do lixo no oceano e amplificar a importância de ações do dia a dia na redução dos detritos que chegam ao mar e às praias.

A campanha de comunicação conta três histórias que retratam situações do dia a dia, mostrando o trajeto real de alguns produtos (uma beata, uma cotonete e uma embalagem) até chegarem ao mar.

Cigarro na praia

De acordo com Tiago Pitta e Cunha, CEO da Fundação Oceano Azul, a maioria da população sabe que poluir o oceano é negativo mas as pessoas entendem que muito do lixo que chega ao oceano não é da sua responsabilidade, nem é intencional.

O que não sabem é que o lixo deitado para o chão, mesmo a grandes distâncias da costa vai, mais cedo ou mais tarde, parar ao mar. O que se pretende com mais esta campanha é alertar para a necessidade de cada um de nós alterar o seu comportamento, evitando a degradação do ambiente marinho.

A poluição do plástico é uma das maiores ameaças dos oceanos. Entre 8 a 12 milhões de toneladas de plástico chegam ao oceano todos os anos, o equivalente a despejar um camião de plástico a cada minuto. Os efeitos são desastrosos para a biodiversidade e ecossistemas marinhos.

Cada um de nós tem a responsabilidade de poder mudar alguma coisa. Não percamos mais tempo!

Autor:
Tupam Editores

Última revisão:
03 de Fevereiro de 2021

Mais Sobre:
POLUIÇÃO AMBIENTE

Referências Externas:

OCEANÁRIO DE LISBOA

PARQUES & ZOO

OCEANÁRIO DE LISBOA

Promover o conhecimento dos oceanos, e sensibilizar os cidadãos para a importância da preservação do património natural, através da alteração dos seus comportamentos, é a missão do Oceanário de Lisboa...
DO QUINTAL... PARA DENTRO DE CASA

COMPANHIA

DO QUINTAL... PARA DENTRO DE CASA

Quando se fala de animais de estimação as possibilidades são cada vez maiores. Aos típicos cães e gatos foram--se juntando os pássaros, os peixes, as tartarugas, os coelhos e outros pequenos roedores,...
0 Comentários