OBESIDADE

Alimentação saudável ​​na infância reduz risco de obesidade

A forma como as crianças são alimentadas pode ser tão importante quanto aquilo que elas consomem, de acordo com um novo estudo publicado no Journal of the American Heart Association.

Alimentação saudável ​​na infância reduz risco de obesidade

O estudo teve como objetivo fornecer estratégias baseadas em evidências para pais e cuidadores criarem um ambiente alimentar saudável para crianças pequenas que apoie o desenvolvimento de comportamentos alimentares positivos e a manutenção de um peso saudável na infância, reduzindo assim os riscos de sobrepeso, obesidade e doenças cardiovasculares mais tarde na vida.

Embora muitas crianças nasçam com uma capacidade inata de parar de comer quando estão saciadas, elas também são influenciadas pelo contexto emocional geral, incluindo desejos e demandas dos cuidadores durante as refeições.

Se as crianças se sentirem pressionadas a comer em resposta às necessidades dos cuidadores, pode ser mais difícil conhecer as suas necessidades internas individuais que lhes dizem quando estão saciadas.

Permitir que as crianças escolham o que e especialmente quanto comer num ambiente composto por opções saudáveis ​​incentiva as crianças a desenvolver e, eventualmente, tomar posse das suas decisões sobre alimentos e pode ajudá-las a desenvolver padrões alimentares ligados a um peso saudável por toda a vida, de acordo com os autores.

Os pais e responsáveis ​​devem, segundo o estudo, incentivar as crianças a consumir alimentos saudáveis, fornecer tempo consistente para as refeições, permitir que as crianças selecionem quais os alimentos que desejam comer a partir de uma seleção de escolhas saudáveis, servir alimentos saudáveis ​​ou novos junto com alimentos que as crianças já apreciam, comer regularmente alimentos novos e saudáveis ​​enquanto come com a criança e demonstrar prazer com a comida, prestar atenção aos sinais de fome e plenitude verbais ou não verbais de uma criança e evitar pressionar as crianças a comerem mais do que desejam.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS