HOSPITAL

Consultas em hospitais privados aumentam

Mais de um terço das consultas médicas hospitalares em 2017 foram realizadas nos hospitais privados, que fizeram mais 300 mil consultas do que no ano anterior, indicam dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Consultas em hospitais privados aumentam

Dos 19,8 milhões de consultas externas feitas em Portugal em 2017, os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) asseguraram 65,1 por cento, mais um ponto percentual do que tinha ocorrido no ano anterior.

O crescimento das consultas foi mais expressivo nos hospitais privados, com um aumento de 4,5 por cento, que representa um acréscimo de 300 mil consultas em relação a 2016.

O INE salienta que o aumento das consultas hospitalares feitas no setor privado representou quase 80 por cento do aumento registado entre 2016 e 2017.

Os dados estatísticos - divulgados a propósito do Dia Mundial da Saúde, que se assinala no domingo 7 de abril - mostram ainda que, em 2017, “continuou a aumentar o número de médicos e de enfermeiros”.

Contudo, os dados do INE não permitem especificar o crescimento destes profissionais nos hospitais do SNS.

Em 2017, estavam ao serviço de todos os hospitais cerca de 25 mil médicos, sendo que 87 por cento (cerca de 22 mil) exerciam em unidades do SNS. Do total dos médicos, mais de 28 por cento eram profissionais a realizar o internato.

Quanto aos enfermeiros, trabalhavam, em 2017, nos hospitais portugueses, cerca de 41 mil, quase 90 por cento em hospitais públicos.

Também o registo de profissionais médicos e de enfermagem nas Ordens voltou a aumentar, um crescimento de 3,4 e de três por cento respetivamente.

O número de farmácias também cresceu de 2016 para 2017, com mais 33 estabelecimentos, passando a um total de 2 925 farmácias e 193 postos farmacêuticos.

Apesar do crescimento, manteve-se em 0,3 o número médio de estabelecimentos farmacêuticos por mil habitantes.

Fonte: Lusa

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS