MORTALIDADE

Ácidos graxos diminuem risco de morte prematura

Investigadores da Universidade de Zhejiang, na China, investigaram de que forma o consumo de óleo de peixe pode afetar as taxas de mortalidade.

Ácidos graxos diminuem risco de morte prematura

O estudo mostrou que pessoas que consumiam mais DHA e EPA, dois dos ácidos graxos mais comuns, exibiram uma probabilidade 14 por cento menor de sofrer uma morte prematura.

Os investigadores acreditam que comer, pelo menos, duas porções de óleo de peixe pode reduzir as hipóteses de ocorrência de um acidente vascular cerebral (AVC) em metade.

O consumo regular de óleo de peixe também pode melhorar a recuperação de uma vítima de ataque cardíaco.

A capacidade anti-inflamatória dos ácidos graxos ómega-3 desempenha um papel importante na inibição de doenças e no prolongamento do tempo de vida, uma vez que a inflamação crónica é considerada um grande fator em todos os tipos de doenças cardiovasculares e está associada ao cancro, diabetes, doenças neurodegenerativas e obesidade.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS