Racecadotril

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI/Medicamento Sujeito a Receita Médica (a ausência deste simbolo pressupõe Medicamento Não Sujeito a Receita Médica)
O que é
Racecadotril, também conhecido como acetorphan, é um fármaco antidiarreico, que atua como inibidor da encefalinase de ação periférica.

Ao contrário de outros medicamentos utilizados para tratar a diarreia, que reduzem a motilidade intestinal, Racecadotril tem um efeito anti-secretor-lo reduz a secreção de água e eletrólitos no intestino.
Usos comuns
Utilizado para o tratamento da diarreia.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Indicado para o tratamento sintomático da diarreia aguda, em adultos, quando o tratamento causal não é possível.

Se o tratamento causal for possível, o racecadotril pode ser administrado como tratamento complementar.
Classificação CFT
06.03.02.02.02     Adsorventes
Mecanismo De Ação
O racecadotril é um pró-fármaco que necessita de ser hidrolisado no seu metabolito ativo tiorfano, que é um inibidor da encefalinase.

A encefalinase é uma peptidase da membrana celular localizada em vários tecidos, principalmente no epitélio do intestino delgado.

Esta enzima contribui para a hidrólise dos péptidos exógenos e para a fragmentação dos péptidos endógenos, tais como as encefalinas.

Racecadotril protege as encefalinas da degradação enzimática, prolongando assim a sua ação nas sinapses encefalinérgicas no intestino delgado e reduzindo a hipersecreção.

O racecadotril é uma substância ativa com atividade antissecretora exclusivamente intestinal.

Diminui a hipersecreção intestinal da água e dos eletrólitos induzida pela toxina da cólera ou pela inflamação, e não tem ação a nível da atividade secretora basal.

O racecadotril exerce uma rápida ação antidiarreica, sem modificar a duração do trânsito intestinal.

O racecadotril não produz distensão abdominal.

Durante o seu desenvolvimento clínico, o racecadotril produziu obstipação secundária numa taxa comparável à do placebo.

Quando administrado por via oral, a sua atividade é exclusivamente periférica, sem ação sobre o sistema nervoso central.

Um estudo cruzado aleatorizado demonstrou que cápsulas de racecadotril a 100 mg, a uma dose terapêutica (1 cápsula), ou supraterapêutica (4 cápsulas), não induziu prolongamento QT/QTc em 56 voluntários saudáveis (em oposição à moxifloxacina, utilizada como controlo positivo).
Posologia Orientativa
Adultos: Inicialmente uma cápsula, independentemente da hora do dia e depois uma cápsula três vezes por dia, de preferência antes das principais refeições.

O tratamento deve ser continuado até duas defecações normais.

O tratamento não deve exceder os 7 dias.
Administração
Via oral.

Tomar de preferência antes das principais refeições.
Contraindicações
Hipersensibilidade ao Racecadotril.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Doenças do sistema nervoso
Frequente: cefaleias

Afeções dos tecidos cutâneos e subcutâneos
Pouco frequente: exantema, eritema

Desconhecida: eritema multiforme, edema da língua, edema da face, edema labial, edema palpebral, angioedema, urticária, eritema nodoso, exantema papular, prurigo, prurido, erupção tóxica cutânea.



Advertências
Gravidez
Gravidez:O racecadotril não deve ser administrado em mulheres grávidas.
Aleitamento
Aleitamento:O racecadotril não deve ser administrado em mulheres que amamentem.
Precauções Gerais
A administração de racecadotril não modifica os regimes habituais de reidratação.

A presença de fezes com sangue ou purulentas, e febre, pode indicar invasão bacteriana como causa da diarreia ou a existência de outra doença grave. Portanto, o racecadotril não deve ser administrado nestas condições.

A diarreia crónica não foi suficientemente estudada com este medicamento. O racecadotril também não foi estudado na diarreia associada aos antibióticos.

Doentes com disfunção hepática ou renal devem ser tratados com precaução, uma vez que os dados existentes são limitados.

A disponibilidade do medicamento pode estar reduzida em doentes com vómitos prolongados.
Cuidados com a Dieta
Tomar antes das principais refeições.
Terapêutica Interrompida
Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.

Simplesmente continue com o tratamento.
Cuidados no Armazenamento
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.

Rosuvastatina + Perindopril + Indapamida + Racecadotril

Observações: n.d.
Interações: Comuns ao perindopril e indapamida Uso concomitante não recomendado: Racecadotril: Os inibidores da ECA (por exemplo perindopril) são conhecidos por causar angioedema. Este risco pode estar aumentado quando utilizado concomitantemente com racecadotril (um medicamento usado no tratamento da diarreia aguda).

Racecadotril + Loperamida

Observações: Até à data, não foram descritas interações com outros medicamentos em humanos.
Interações: Em humanos, o tratamento concomitante com racecadotril e loperamida ou nifuroxazida não modifica a cinética do racecadotril.

Racecadotril + Nifuroxazida

Observações: Até à data, não foram descritas interações com outros medicamentos em humanos.
Interações: Em humanos, o tratamento concomitante com racecadotril e loperamida ou nifuroxazida não modifica a cinética do racecadotril.

Atorvastatina + Perindopril + Racecadotril

Observações: Não foram realizados estudos de interação medicamentosa com este medicamento e outros medicamentos, embora alguns estudos tenham sido realizados com atorvastatina e perindopril separadamente. Os dados de estudos clínicos demonstram que o duplo bloqueio do sistema renina-angiotensina-aldosterona (SRAA) através da utilização combinada de IECAs, antagonistas dos recetores da angiotensina II ou aliscireno está associado ao aumento da frequência de eventos adversos, tais como hipotensão, hipercaliemia, diminuição da função renal (incluindo insuficiência renal aguda) comparativamente com a utilização de um único medicamento que atua no SRAA.
Interações: Utilização concomitante que requer cuidados especiais: Perindopril Racecadotril Os inibidores da ECA (por exemplo perindopril) são conhecidos por causar angioedema. Este risco pode ser elevado quando usado concomitantemente com racecadotril (um medicamento usado no tratamento da diarreia aguda).
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

O racecadotril não deve ser administrado em mulheres grávidas ou que amamentem.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017