Fosfomicina

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI/Medicamento Sujeito a Receita Médica (a ausência deste simbolo pressupõe Medicamento Não Sujeito a Receita Médica)
O que é
A Fosfomicina é um antibiótico que combate a infeção causada por bactérias. É utilizado para tratar infeções da bexiga.

A Fosfomicina também pode ser utilizada para outros fins que não os aqui listados.
Usos comuns
A Fosfomicina é usada para tratar a infeção do trato urinário e cistite (infeção da bexiga) em mulheres. A Fosfomicina é um antibiótico.

Funciona por matar bactérias ou impedir o seu crescimento.

No entanto, a Fosfomicina não funciona com constipações, gripe, ou outras infeções virais.

A Fosfomicina está disponível apenas sob prescrição médica.
Tipo
pequena molécula
História
Fosfomicina (originalmente conhecido como fosfonomicina) foi descoberta num esforço conjunto da Merck and Co. e da Compañía Española de Penicilina y Antibióticos (Cepa) de Espanha.

Foi isolada pela primeira vez por rastreio de culturas em caldo de Streptomyces fradiae isoladas a partir de amostras de solo para a capacidade de causar a formação de esferoplastos por bactérias que crescem. A descoberta foi descrita numa série de artigos publicados em 1969.

A Cepa começou a produzir Fosfomicina em escala industrial em 1971 na sua fábrica de Aranjuez.
Indicações
Profilaxia e tratamento das infeções agudas não complicadas das vias urinárias baixas produzidas por germens sensíveis à Fosfomicina.

Infeções urinárias pós-operatórias.

Profilaxia das infeções do trato urinário resultantes de intervenções cirúrgicas e manobras diagnósticas transuretrais.
Classificação CFT
01.01.11     Outros antibacterianos e associações
Mecanismo De Ação
A Fosfomicina é um análogo de fosfoenolpiruvato produzido por Streptomyces que inibe irreversivelmente a transferase enolpyruvate (Mura), o que impede a formação de ácido N-acetilmurâmico, um elemento essencial da parede celular de peptidoglicano.
Posologia Orientativa
Crianças de 6 a 12 anos:
Uma carteira de Fosfomicina, 2 g, numa só toma.

Crianças menores de 6 anos:
Não se recomenda a administração de Fosfomicina a crianças menores de 6 anos.

Adultos:
Uma carteira de Fosfomicina 3 g, numa só toma.
Profilaxia de infeções urinárias seguidas de intervenção cirúrgica e manobras diagnósticas transuretrais: uma carteira de Fosfomicina, 3 g 3 horas antes e uma carteira de 3 g, 24 horas após a intervenção.

Nas infeções agudas das vias urinárias baixas (cistite, uretrite não gonocóccica), produzidas por germes sensíveis à Fosfomicina, apenas uma dose de produto (2 g de princípio ativo em crianças e 3 g de princípio ativo em adultos) é suficiente para erradicar a infeção.
Administração
A ingestão de alimentos pode atrasar a absorção de fosfomicina, em que existe uma diminuição dos picos sanguíneos e da concentração urinária.

Recomenda-se a administração do fármaco com o estômago vazio, ou 1 h antes ou 2 h depois da ingestão de alimentos, e preferencialmente depois de ter esvaziado a bexiga.
Contraindicações
Embora não estejam descritos efeitos teratogénicos, deve evitar-se no 1º trimestre da gravidez.

Usar com precaução durante o aleitamento.
Contraindicada na IR grave.
Evitar a administração com alimentos, que reduzem a absorção.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Náuseas e diarreia. Erupções cutâneas.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Porque o número de exposições humanas no 1º trimestre é reduzido, o tratamento com o antibiótico deve ser retardado até depois do período da organogénese. Ausência de risco fetal, demonstrada em experimentação animal ou em estudos humanos.
Aleitamento
Aleitamento:Excretado no leite; recomenda-se evitar, a menos que seja realmente necessário.
Precauções Gerais
Se os sintomas não melhorarem dentro de 2 ou 3 dias ou se piorar, consulte o seu Médico.
A Fosfomicina pode causar diarreia, e em alguns casos podem ser graves. Podem ocorrer durante 2 meses ou mais após parar de tomar a Fosfomicina.

Não tome qualquer medicamento para tratar a diarreia sem primeiro consultar o seu Médico. Se tiver alguma dúvida ou se a diarréia leve persistir ou piorar, consulte o seu Médico.

Não tome outros medicamentos que não tenham sido discutidas com o seu Médico. Isso inclui a prescrição de medicamentos com ou sem receita (OTC), e ervas ou suplementos vitamínicos.
Cuidados com a Dieta
Tome Fosfomicina com estômago vazio ou 1 a 2 horas depois da ingestão de alimentos.
Terapêutica Interrompida
Não tome uma dose a dobrar para compensar a dose que se esqueceu de tomar.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Não conservar acima de 30ºC.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Gram-positivos e negativos (Spretococcus pneumoniae, Staphylococcus sp., Neisseria sp., Haemophilus sp., Escherichia coli, Proteus mirabilis, Salmonella sp. e Shigella sp.). Pouca atividade contra Streptococcus não pneumoniae, Klebsiella sp., Enterobacter sp. e Proteus indol-positivo. Algumas cepas de Pseudomonas sp. são sensíveis.
 Redutora do efeito Terapêutico/Tóxico

Fosfomicina + Metoclopramida

Observações: N.D.
Interações: A administração simultânea de Fosfomicina com metoclopramida reduz a absorção da fosfomicina
 Redutora do efeito Terapêutico/Tóxico
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Não tomar durante a amamentação.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017