Amitriptilina

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI com Advertência na Insuficiência Hepática DCI com Advertência na Condução DCI/Medicamento Sujeito a Receita Médica (a ausência deste simbolo pressupõe Medicamento Não Sujeito a Receita Médica) DCI/Medicamento Psicofármaco
Fórmula Estrutural
Nome IUPAC 3-(10,11-diidro-5H-dibenzo''a'',''d'' ciclohepteno-5-ilideno)-N, N-dimetil-1-propanamina
Número CAS 50-48-6
PubChem 2160
DrugBank APRD00227
ChemSpider 2075
Código ATC | N06AA09 | N06A |
DCB 00711
UNII 1806D8D52K
KEGG D07448
ChEBI CHEBI:2666
ChEMBL CHEMBL629
Fórmula química C20H23N
Massa molar 277.4 g mol-1
SMILES c3cc2c (/C (c1c (cccc1) CC2) =C\CCN (C) C) cc3
InChI 1S/C20H23N/c1-21 (2) 15-7-12-20-18-10-5-3-8-16 (18) 13-14-17-9-4-6-11-19 (17) 20/h3-6, 8-12H, 7, 13-15H2, 1-2H3
Key KRMDCWKBEZIMAB-UHFFFAOYSA-N
Ponto de fusão 196-197 °C
Ponto de ebulição 398.2 °C at 760 mmHg
Solubilidade água: 9,7 mg / mL
Biodisponibilidade Amitriptilina: Estudos no homem, após a administração oral de fármaco marcado com 14C, indicaram que a amitriptilina é rapidamente absorvida e metabolizada.
Metabolismo Amitriptilina: é metabolizada por N-desmetilação e hidroxilação.
Meia-vida biológica Amitriptilina: Utilizando doses entre os 10-150 mg têm-se obtido valores de semi-vida na ordem das 10 a 40 horas
Ligação plasmática Amitriptilina: apresenta uma elevada distribuição pelos tecidos, com elevada afinidade para as proteínas plasmáticas (90%).
Excreção Amitriptilina: A eliminação faz-se maioritariamente por via urinária, quer na sua forma conjugada quer na sua forma livre, o mesmo acontecendo para os seus metabolitos. Uma pequena porção pode ser excretada por via biliar nas fezes.
Classificação legal Sem informação
Nome Comercial de Referência ADT, Tryptizol
Licença Sem informação.
Cat. Gravidez Categoria C - risco fetal desconhecido, por falta de estudos suficientes.
Estado Legal MSRM
Via de Adm. Oral
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017