Tecnologia sem fio permite monitorizar bebés prematuros

  Tupam Editores

Um novo sistema de sensores flexíveis permite monitorizar de forma menos invasiva os sinais vitais de bebés nascidos prematuros ou com doenças debilitantes.

Além de melhorar o bem-estar das crianças, esta nova tecnologia possibilitará que os pais tenham contato pele a pele com os recém-nascidos, o que não é permitido atualmente na maioria dos casos, embora se saiba que um toque de amor é crítico para os bebés prematuros.

O sistema elimina o grande número de fios e elétrodos necessários para leitura dos sinais - além de serem flexíveis e moldáveis à pele, os novos sensores usam a tecnologia de comunicação sem fios.

Os bebés prematuros, normalmente, exigem uma monitorização constante e cuidadosa dos sinais vitais, incluindo temperatura, frequência cardíaca e respiratória, pressão sanguínea, nível de oxigénio no sangue, etc.

No entanto, apesar dessa monitorização ser essencial, a teia de fios interfere com outros tipos de cuidados clínicos ou testes e os elétrodos podem ferir a pele frágil do bebé. Além disso, a fiação atrapalha o contato pele a pele, impedindo que os pais segurem os seus filhos recém-nascidos.

Bebé prematuro

Por isso, Ha Uk Chung e os seus colegas da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, desenvolveram um sistema de monitorização de sinais vitais sem fio e sem bateria, que usa um par de sensores ultrafinos que dependem apenas da água para aderir delicadamente à pele sensível dos bebés.

O dispositivo é capaz de recolher e processar dados completos de sinais vitais e de os transmitir, sem recurso a fios e em tempo real, para um computador externo.

Testes preliminares e os estudos clínicos em andamento estão a demonstrar uma eficácia comparável à dos mais avançados sistemas de monitorização de padrões clínicos.

ARTIGO

Autor:
Tupam Editores

Última revisão:
11 de Junho de 2019

Mais Sobre:
DOENÇA INFANTIL PELE

Referências Externas:

Relacionados

RECÉM-NASCIDOS: Bolçar! - É normal?

Cuidar de uma criança no seu primeiro ano de vida é um verdadeiro desafio. É um novo elemento na família. É o ano da vida em que ocorrem maiores aquisições, em que todos os dias surgem mudanças e por...

CÓLICAS DO BEBÉ - Como identificá-las?

Ser mãe pela primeira vez é sem dúvida uma experiência gratificante para a maioria das mulheres, mas também algo assustadora. Durante os primeiros 3 meses de vida, primeira etapa do seu desenvolviment...

Destaques

CONHECE O PODER DO SORRISO?

Dias cansativos, trabalho que nunca mais acaba, stress, correrias, casa para arrumar, filhos para acompanhar, contas para pagar, para além daqueles problemas ou situações mais negativas que, por vezes...

BIOTECNOLOGIA: A ALQUIMIA DOS TEMPOS MODERNOS

O toque de alvorada da indústria da biotecnologia soou quando se realizaram as primeiras experiências de splicing genético, isto é, a modificação da informação genética do DNA para o RNA após a transc...
0 Comentários