AMBIENTE

Aquecimento global pode criar nova ameaça à saúde

Cientistas da Universidade Monash, na Austrália, alertaram que o aquecimento global pode ter efeitos no aumento de doenças causadas pela desnutrição, devido aos efeitos da exposição ao calor.

Aquecimento global pode criar nova ameaça à saúde

Embora esteja bem documentado que o aquecimento global resultará indiretamente em mais pessoas subnutridas devido à produção alimentar ameaçada e ao aumento da insegurança alimentar, este foi o primeiro estudo a nível mundial a analisar a ligação entre a exposição ao calor e o aumento da doença de subnutrição.

Os cientistas analisaram dados de internamentos hospitalares diários que cobriram quase 80 por cento da população do Brasil, entre 2000 e 2015; o estudo analisou a ligação entre temperaturas médias diárias e internamentos por desnutrição.

As descobertas mostraram que, para cada aumento de 1° C na temperatura média diária durante a estação quente, havia um aumento de 2,5 por cento no número de internamentos por desnutrição.

A associação entre o aumento da temperatura e o internamento por desnutrição foi maior para indivíduos com idades entre os cinco e os 19 anos e para pessoas com mais de 80 anos.

O estudo refere que o aumento do calor pode causar doenças por desnutrição de várias formas: reduzindo o apetite das pessoas, aumentando o consumo de álcool, reduzindo a motivação ou capacidade de fazer compras e cozinhar, exacerbando o estado de desnutrição, piorando a digestão e absorção já prejudicadas, aumentando a morbidade gastrointestinal e prejudicando a termorregulação.

O estudo foi publicado na revista PLOS Medicine.


TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS