Rosuvastatina + Amlodipina

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI com Advertência na Condução
Fórmula Estrutural
Nome IUPAC Sem informação.
Número CAS Sem informação.
ChemSpider Sem informação.
Código ATC | C10B | C10BX09 |
DCB Sem informação.
Fórmula química Sem informação.
Massa molar Sem informação.
SMILES Sem informação.
InChI Sem informação.
Key Sem informação.
Ponto de fusão Sem informação.
Ponto de ebulição Sem informação.
Solubilidade Sem informação.
Biodisponibilidade A administração simultânea de 10 mg de amlodipina causa aproximadamente um aumento de 1.2 e 1.1 vezes no Cmax da rosuvastatina e AUC, respectivamente. As concentrações plasmáticas máximas de rosuvastatina são atingidas aproximadamente 5 horas após a administração oral. A biodisponibilidade absoluta é de, aproximadamente, 20%. Após administração oral de doses terapêuticas, a amlodipina é bem absorvida com picos séricos entre 6-12 horas pós-dose. A biodisponibilidade absoluta varia entre 64-80%.
Metabolismo Estudos de metabolismo in vitro utilizando hepatócitos humanos indicam que a rosuvastatina é um substrato pobre para o metabolismo mediado pelo citocromo P450. O CYP2C9 foi a principal isoenzima envolvida, com a 2C19, 3A4 e 2D6 envolvidas em menor extensão. Os principais metabólitos identificados são o N-desmetil e a lactona.

A amlodipina é extensivamente metabolizada pelo fígado em metabólitos inactivos.
Semivida A semi-vida plasmática terminal da Amlodipina é de 35-50 horas e está consistente com a dose de uma única toma ao dia.

A semi-vida de eliminação plasmática da rosuvastatina é de aproximadamente 20 horas.
Ligação plasmática Aproximadamente 90% da rosuvastatina está ligada às proteínas plasmáticas, principalmente à albumina.

Estudos in vitro mostraram que aproximadamente 97,5% da amlodipina em circulação, está ligada a proteínas plasmáticas.
Excreção Aproximadamente 90% da dose de rosuvastatina é excretada sob a forma inalterada nas fezes (consistindo em substância activa absorvida e não absorvida) e o restante é excretado na urina. Aproximadamente 5% é excretada sob a forma inalterada na urina.

10% da eliminação urinária da amlodipina e de 60% a eliminação dos metabólitos.
Classificação legal Sem informação.
Nome Comercial de Referência Asutam; Rosuvastatina + Amlodipina Krka
Licença Lusomedicamenta; KRKA d.d., Novo mesto
Cat. Gravidez Não administrar durante a gravidez.
Estado Legal MSRM
Via de Adm. Oral.
Notas, Referências & Links Externos

Wikipedia PT

Wikipedia PT

Cliquefarma

Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 26 de Novembro de 2020