Propinoxato

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
Antiespasmódicos.

O propinoxato deve as propriedades farmacológicas de anticolinérgico de síntese que actua conjuntamente por uma acção espasmolítica neurotrópica e por uma acção musculotrópica acentuada, bloqueando a transmissão dos estímulos nervosos ao nível das terminações nervosas parassimpáticas da musculatura lisa.
Usos comuns
Esófago: espasmos dolorosos e disfagias.

Tracto gastrointestinal: náuseas, vómitos, todas as manifestações de doença ulcerosa, gastroduodenites, espasmos do cardia e do piloro, colites agudas, espasmódicas, sigmoidites, obstipação por cólon hipertónico e meteorismo.

Vias biliares: todas as colecistopatias, colecistites, cólicas biliares, espasmos do esfincter de Oddi, disquinésias biliares e síndroma pós-colecistectomia.

Vias urinárias: cólicas nefríticas de qualquer localização, espasmos ureterais e vesicais, disúria e exploração instrumental.

Aparelho genital feminino: dismenorreia funcional, tensão pré-menstrual, quadros anexiais dolorosos e ameaça de aborto.

Em Pediatria: quadros espasmódicos e vómitos.
Tipo
Esófago: espasmos dolorosos e disfagias.

Trato gastrointestinal: náuseas, vómitos, todas as manifestações de doença ulcerosa, gastroduodenites, espasmos do cardia e do piloro, colites agudas, espasmódicas, sigmoidites, obstipação por cólon hipertónico e meteorismo.

Vias biliares: todas as colecistopatias, colecistites, cólicas biliares, espasmos do esfincter de Oddi, disquinésias biliares e síndroma pós-colecistectomia.

Vias urinárias: cólicas nefríticas de qualquer localização, espasmos ureterais e vesicais, disúria e exploração instrumental.

Aparelho genital feminino: dismenorreia funcional, tensão pré-menstrual, quadros anexiais dolorosos e ameaça de aborto.

Em Pediatria: quadros espasmódicos e vómitos
História
Sem informação.
Indicações
Esófago: espasmos dolorosos e disfagias.

Tracto gastrointestinal: náuseas, vómitos, todas as manifestações de doença ulcerosa, gastroduodenites, espasmos do cardia e do piloro, colites agudas, espasmódicas, sigmoidites, obstipação por cólon hipertónico e meteorismo.

Vias biliares: todas as colecistopatias, colecistites, cólicas biliares, espasmos do esfincter de Oddi, disquinésias biliares e síndroma pós-colecistectomia.

Vias urinárias: cólicas nefríticas de qualquer localização, espasmos ureterais e vesicais, disúria e exploração instrumental.

Aparelho genital feminino: dismenorreia funcional, tensão pré-menstrual, quadros anexiais dolorosos e ameaça de aborto.

Em Pediatria: quadros espasmódicos e vómitos.
Classificação CFT

06.04 : Antiespasmódicos

Mecanismo De Acção
Sem informação.
Posologia Orientativa
A posologia deve ser estabelecida pelo médico, em função das necessidades do doente.

De um modo geral:
Comprimidos revestidos
Adultos e crianças com mais de 12 anos: 1 comprimido 3 a 5 vezes ao dia por via oral.

Gotas orais, solução oral
Adultos: 20 gotas, 3 a 5 vezes ao dia.
Lactentes e crianças até 2 anos: 1 a 3 gotas, 3 a 5 vezes ao dia.
Crianças com mais de 2 anos: partindo duma média de 2 gotas, juntar 1 gota por cada ano de idade, 3 a 5 vezes ao dia.
Administração
Via oral.

As gotas podem juntar-se ao biberão, água, bebidas sem álcool, etc.
Em caso de necessidade, a dose pode ser aumentada, sem inconveniente. O momento mais favorável à administração será indicado pelo médico.
Contra-Indicações
Em caso de hipersensibilidade ao Propinoxato e doentes com glaucoma.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
O propinoxato praticamente não ocasiona efeitos secundários, podendo contudo ocasionar um ou outro efeito dos atribuídos aos anticolinérgicos sintéticos (boca seca, obstipação, retenção urinária), sendo neste caso de muito menor intensidade e cedendo rapidamente quando se suspende o medicamento.
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante os primeiros três meses de gravidez.
Aleitamento
Aleitamento
Aleitamento:Não existem estudos sobre o aleitamento, pelo que não se recomenda a sua utilização.
Precauções Gerais
Deve-se utilizar com precaução na estenose pilórica e na hipertrofia prostática e não se recomenda a sua utilização durante os primeiros três meses de gravidez e durante o aleitamento.
Cuidados com a Dieta
Sem informação.
Terapêutica Interrompida
Quando se esquecer de tomar uma ou mais doses, o doente deve continuar o tratamento de acordo com o esquema estabelecido.
Cuidados no Armazenamento
Não guardar acima de 25ºC.

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espectro de susceptibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Usar com precaução

Propinoxato Anticolinérgicos

Observações: n.d.
Interacções: Da associação com outros anticolinérgicos, pode resultar uma adição de efeitos indesejáveis tais como boca seca, obstipação ou retenção urinária. - Anticolinérgicos
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interacções do Propinoxato
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Não administrar durante os primeiros três meses de gravidez.

Não existem estudos sobre o aleitamento, pelo que não se recomenda a sua utilização.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Novembro de 2021