Halotano

DCI com Advertência na Gravidez
O que é
Halotano é um anestésico hidrocarbono não inflamável, halogenado, que fornece indução relativamente rápida, com pouca ou nenhuma excitação.

A analgesia pode não ser adequada.

O óxido nítrico é muitas vezes administrados concomitantemente.

O Halotano pode não produzir relaxamento muscular suficiente, podendo exigir agentes bloqueadores neuromusculares adicionais.
Usos comuns
Halotano é indicado para a indução e manutenção de anestesia geral.
Tipo
Molécula pequena.
História
Este hidrocarboneto halogenado foi sintetizado pela primeira vez por CW Suckling da Imperial Chemical Industries (ICI) em 1951 e foi usado pela primeira clinicamente por M. Johnstone em Manchester em 1956.

Halotano tornou-se popular como um anestésico geral não inflamável substituindo outros anestésicos voláteis, como éter etílico e ciclopropano.

O uso do anestésico foi extinto durante os anos 1980 e 1990 quando agentes anestésicos mais recentes se tornaram populares.

Halotano mantém algum uso em cirurgia veterinária e no Terceiro Mundo por causa de seu baixo custo.

Halotano foi dado a muitos milhões de pacientes adultos e pediátricos em todo o mundo desde a sua introdução em 1956 até a década de 1980.
Indicações
Para a indução e manutenção de anestesia geral.
Classificação CFT

N.D.

Mecanismo De Ação
Provoca anestesia geral devido a suas acções em vários canais iónicos, que em última análise deprime a condução nervosa, a respiração, a contratilidade cardíaca.

Os seus efeitos imobilizante tem sido atribuída à sua ligação com os canais de potássio em neurónios colinérgicos.

O efeito do halotano também são susceptíveis devido à ligação de NMDA e canais de cálcio, causando hiperpolarização.
Posologia Orientativa
Halotano, USP pode ser administrado por meio da técnica não reinalante, reinalação parcial ou técnica fechada.

A dose de indução varia de paciente para paciente.

A dose de manutenção varia de 0,5 a 1,5%.

Halotano pode ser administrado com oxigénio ou com uma mistura de oxigénio e óxido nitroso.
Administração
Sem informação.
Contraindicações
Halotano não é recomendado para anestesia obstétrica excepto quando o relaxamento uterino é necessária.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
As seguintes reacções adversas foram relatadas: necrose hepática, parada cardíaca, hipotensão, parada respiratória, arritmias cardíacas, hipertermia, calafrios, náuseas e vómitos.
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:Todos os trimestres: C - Não há estudos adequados em mulheres. Em experiências animais ocorreram alguns efeitos colaterais no feto, mas o benefício do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez.
Precauções Gerais
Sem informação.
Cuidados com a Dieta
Sem informação.
Terapêutica Interrompida
Não utilize uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de usar.
Cuidados no Armazenamento
Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espectro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Usar com precaução

Adrenalina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Anestésicos gerais como clorofórmio, halotano e ciclopropano: Estes anestésicos podem sensibilizar o tecido miocárdico. Este aumento na irritabilidade cardíaca pode resultar no aparecimento de arritmias ventriculares, taquicardia e fibrilhação ventricular. De um modo geral, sempre que é necessário administrar um fármaco vasopressor a um doente submetido a anestesia geral com anestésicos halogenados, deve optar-se por um que tenha um efeito estimulante cardíaco mínimo, como é o caso da metoxamina ou da fenilefrina. - Halotano
Usar com precaução

Articaína + Adrenalina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Certos anestésicos por inalação, como por exemplo o halotano, podem sensibilizar o coração ou as catecolaminas e, portanto, induzir arritmias após a administração de Articaína / Adrenalina. - Halotano
Usar com precaução

Oxitocina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Os anestésicos gerais com grande poder relaxante do útero (halotano, clorofórmio, etc.) podem antagonizar o efeito da oxitocina. A administração com agentes vasopressores pode originar hipertensão arterial severa durante o período pós-parto. Encontram-se descritos alguns casos de acidente vascular por este motivo. - Halotano
Multiplos efeitos Terapêuticos/Tóxicos

Carbetocina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Alguns anestésicos inalatórios, tais como o halotano e o ciclopropano, podem potenciar o efeito hipotensor e diminuir o efeito da carbetocina no útero. Foram reportadas arritmias durante a utilização concomitante com oxitocina. - Halotano
Consultar informação actualizada

Perflutreno + Halotano

Observações: Não foram realizados estudos de interação.
Interações: Não foi estudada a utilização durante anestesia com halotano. - Halotano
Consultar informação actualizada

Norfenefrina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A Norfenefrina interaje com: Anestésicos (especialmente arritmias perigosas com ciclopropano ou halotano volátil). - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Brometo de ipratrópio + Fenoterol + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A inalação de anestésicos de hidrocarbonetos halogenados, tais como halotano, tricloroetileno e enflurano, pode aumentar a suscetibilidade para os efeitos cardiovasculares dos agonistas-beta. - Halotano
Usar com precaução

Levodopa + Benserazida + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Anestesia geral com halotano: Levodopa / Benserazida deve ser suspenso 12-48 horas antes de uma intervenção cirúrgica que requeira uma anestesia geral com halotano, uma vez que podem ocorrer variações da pressão arterial e/ou arritmias. - Halotano
Potencialmente Grave

Teofilina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A administração de halotano em doentes que recebam teofilina pode originar perturbações graves no ritmo cardíaco. - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Rifampicina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A administração concomitante de rifampicina e de halotano pode aumentar a hepatotoxicidade de ambos os fármacos. - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Metaraminol + Halotano

Observações: N.D.
Interações: O Metaraminol: - pode aumentar os riscos de arritmias cardíacas graves com: anestésicos hidrocarbonados de inalação (ex.: halotano). - Halotano
Potencialmente Grave

Aminofilina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Em doentes a receber Aminofilina (Teofilina Etilenodiamina), o halotano pode causar arritmia cardíaca grave. - Halotano
Redutora do efeito Terapêutico/Tóxico

Metilergometrina + Halotano

Observações: Os alcaloides da cravagem do centeio são substratos do CYP3A4.
Interações: interacções a ter em consideração: Anestésicos: Anestésicos como o halotano e o metoxiflurano podem reduzir a potência ocitócica de Metilergometrina. - Halotano
Potencialmente Grave

Lidocaína + Adrenalina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Se forem utilizadas soluções contendo um vasoconstritor, como a adrenalina, antes ou durante a administração de agentes anestésicos inalatórios como o halotano podem ocorrer arritmias cardíacas sérias. - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Artenimol + Piperaquina + Halotano

Observações: Não se realizaram estudos farmacocinéticos de interacção medicamentosa com Artenimol / Piperaquina. A avaliação do potencial de ocorrência de interações medicamentosas baseia-se em estudos in vitro.
Interações: A piperaquina tem o potencial de aumentar a velocidade do metabolismo de substratos da CYP2E1 produzindo uma diminuição das concentrações plasmáticas de substratos como o paracetamol ou a teofilina e os gases anestésicos enflurano, halotano e isoflurano. A principal consequência desta interacção poderá consistir numa diminuição da eficácia dos medicamentos administrados concomitantemente. - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Besilato de atracúrio + Halotano

Observações: N.D.
Interações: O bloqueio neuromuscular produzido pelo Besilato de Atracúrio pode aumentar devido ao uso concomitante de anestésicos inalatórios tais como o halotano, isoflurano e enflurano. - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Besilato de cisatracúrio + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Efeito aumentado: Por anestésicos, tais como enflurano, isoflurano, halotano e cetamina, por outros bloqueadores neuromusculares não despolarizantes ou por outros medicamentos como antibióticos (incluindo aminoglicosidos, polimixinas, espectinomicina, tetraciclinas, lincomicina e clindamicina), por antiarrítmicos (incluindo propranolol, bloqueadores do canal do cálcio, lignocaína, procainamida e quinidina), por diuréticos (incluindo furosemida e possivelmente tiazidas, manitol e acetazolamida), por sais de magnésio e lítio e por bloqueadores ganglionares (trimetafano, hexametónio). - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Brometo de ipratrópio + Salbutamol + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A inalação de anestésicos de hidrocarbonetos halogenados, tais como o halotano, tricloroetileno e enflurano, pode aumentar a susceptibilidade aos efeitos cardiovasculares dos agonistas beta. - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Cloreto de mivacúrio + Halotano

Observações: N.D.
Interações: O bloqueio neuromuscular produzido pelo mivacúrio pode ser potenciado pela utilização concomitante de anestésicos inalados como o enflurano, isoflurano, sevoflurano e halotano. - Halotano
Usar com precaução

Mepivacaína + Adrenalina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: As soluções que contêm epinefrina devem-se utilizar com precaução em doentes submetidos a anestesia geral com agentes inalatórios, como halotano, devido ao risco de serias arritmias cardíacas. - Halotano
Usar com precaução

Dobutamina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Anestésicos gerais: As arritmias ventriculares têm sido notificadas em animais que receberam doses normais de dobutamina durante a anestesia com halotano ou ciclopropano. Deste modo, recomenda-se precaução ao administrar a dobutamina, em doentes que recebem estes anestésicos. - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Isoniazida + Pirazinamida + Rifampicina + Halotano

Observações: A rifampicina possui propriedades indutoras enzimáticas, incluindo a indução da delta aminoácido levulínico sintetase. Têm sido registados casos isolados de exacerbação de porfíria com a administração de rifampicina.
Interações: O halotano, quando administrado concomitantemente com a rifampicina, aumenta a hepatotoxicidade de ambos os fármacos. - Halotano
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Isoniazida + Rifampicina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: RIFAMPICINA: O halotano, quando administrado concomitantemente com a rifampicina, aumenta a hepatotoxicidade de ambos os fármacos. - Halotano
Usar com precaução

Paracetamol + Fenilefrina + Guaifenesina + Halotano

Observações: n.d.
Interações: FENILEFRINA: O uso concomitante com agentes anestésicos halogenados tais como ciclopropano, halotano, enflurano, isoflurano pode provocar ou piorar arritmias ventriculares. - Halotano
Usar com precaução

Lidocaína + Fenilefrina + Halotano

Observações: n.d.
Interações: Agentes anestésicos halogenados O uso simultâneo de agentes anestésicos halogenados, como clorofórmio, ciclopropano, halotano, enflurano ou isoflurano, pode provocar ou piorar as arritmias ventriculares. - Halotano
Não recomendado/Evitar

Rifampicina + Trimetoprim + Halotano

Observações: n.d.
Interações: Quando a rifampicina é administrada juntamente com o halotano ou a isoniazida, foram relatados casos de hepatotoxicidade aumentada do medicamento, portanto, o uso concomitante de rifampicina e halotano deve ser evitado. - Halotano
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interações do Halotano
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 26 de Novembro de 2020