Halotano

DCI com Advertência na Gravidez
O que é
Halotano é um anestésico hidrocarbono não inflamável, halogenado, que fornece indução relativamente rápida, com pouca ou nenhuma excitação.

A analgesia pode não ser adequada.

O óxido nítrico é muitas vezes administrados concomitantemente.

O Halotano pode não produzir relaxamento muscular suficiente, podendo exigir agentes bloqueadores neuromusculares adicionais.
Usos comuns
Halotano é indicado para a indução e manutenção de anestesia geral.
Tipo
pequena molécula
História
Este hidrocarboneto halogenado foi sintetizado pela primeira vez por CW Suckling da Imperial Chemical Industries (ICI) em 1951 e foi usado pela primeira clinicamente por M. Johnstone em Manchester em 1956.

Halotano tornou-se popular como um anestésico geral não inflamável substituindo outros anestésicos voláteis, como éter etílico e ciclopropano.

O uso do anestésico foi extinto durante os anos 1980 e 1990 quando agentes anestésicos mais recentes se tornaram populares.

Halotano mantém algum uso em cirurgia veterinária e no Terceiro Mundo por causa de seu baixo custo.

Halotano foi dado a muitos milhões de pacientes adultos e pediátricos em todo o mundo desde a sua introdução em 1956 até a década de 1980.
Indicações
Para a indução e manutenção de anestesia geral.
Classificação CFT
n.d.     n.d.
Mecanismo De Ação
Provoca anestesia geral devido a suas ações em vários canais iónicos, que em última análise deprime a condução nervosa, a respiração, a contratilidade cardíaca.

Os seus efeitos imobilizante tem sido atribuída à sua ligação com os canais de potássio em neurónios colinérgicos.

O efeito do halotano também são susceptíveis devido à ligação de NMDA e canais de cálcio, causando hiperpolarização.
Posologia Orientativa
Halotano, USP pode ser administrado por meio da técnica não reinalante, reinalação parcial ou técnica fechada.

A dose de indução varia de paciente para paciente.

A dose de manutenção varia de 0,5 a 1,5%.

Halotano pode ser administrado com oxigénio ou com uma mistura de oxigénio e óxido nitroso.
Administração
Sem informação.
Contraindicações
Halotano não é recomendado para anestesia obstétrica exceto quando o relaxamento uterino é necessária.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
As seguintes reações adversas foram relatadas: necrose hepática, parada cardíaca, hipotensão, parada respiratória, arritmias cardíacas, hipertermia, calafrios, náuseas e vómitos.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Todos os trimestres: C - Não há estudos adequados em mulheres. Em experiências animais ocorreram alguns efeitos colaterais no feto, mas o benefício do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez.
Precauções Gerais
Sem informação.
Cuidados com a Dieta
Sem informação.
Terapêutica Interrompida
Não utilize uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de aplicar/tomar.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Brometo de ipratrópio + Fenoterol + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A inalação de anestésicos de hidrocarbonetos halogenados, tais como halotano, tricloroetileno e enflurano, pode aumentar a suscetibilidade para os efeitos cardiovasculares dos agonistas-beta.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Brometo de ipratrópio + Salbutamol + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A inalação de anestésicos de hidrocarbonetos halogenados, tais como o halotano, tricloroetileno e enflurano, pode aumentar a susceptibilidade aos efeitos cardiovasculares dos agonistas beta.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Metaraminol + Halotano

Observações: N.D.
Interações: O Metaraminol: - pode aumentar os riscos de arritmias cardíacas graves com: anestésicos hidrocarbonados de inalação (ex.: halotano).
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Rifampicina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A administração concomitante de rifampicina e de halotano pode aumentar a hepatotoxicidade de ambos os fármacos.

Adrenalina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Anestésicos gerais como clorofórmio, halotano e ciclopropano: Estes anestésicos podem sensibilizar o tecido miocárdico. Este aumento na irritabilidade cardíaca pode resultar no aparecimento de arritmias ventriculares, taquicardia e fibrilhação ventricular. De um modo geral, sempre que é necessário administrar um fármaco vasopressor a um doente submetido a anestesia geral com anestésicos halogenados, deve optar-se por um que tenha um efeito estimulante cardíaco mínimo, como é o caso da metoxamina ou da fenilefrina.
 Potencialmente Grave

Aminofilina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Em doentes a receber Aminofilina (Teofilina Etilenodiamina), o halotano pode causar arritmia cardíaca grave.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Cloreto de mivacúrio + Halotano

Observações: N.D.
Interações: O bloqueio neuromuscular produzido pelo mivacúrio pode ser potenciado pela utilização concomitante de anestésicos inalados como o enflurano, isoflurano, sevoflurano e halotano.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Isoniazida + Pirazinamida + Rifampicina + Halotano

Observações: A rifampicina possui propriedades indutoras enzimáticas, incluindo a indução da delta aminoácido levulínico sintetase. Têm sido registados casos isolados de exacerbação de porfíria com a administração de rifampicina.
Interações: O halotano, quando administrado concomitantemente com a rifampicina, aumenta a hepatotoxicidade de ambos os fármacos.

Mepivacaína + Adrenalina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: As soluções que contêm epinefrina devem-se utilizar com precaução em doentes submetidos a anestesia geral com agentes inalatórios, como halotano, devido ao risco de serias arritmias cardíacas.
 Redutora do efeito Terapêutico/Tóxico

Metilergometrina + Halotano

Observações: Os alcaloides da cravagem do centeio são substratos do CYP3A4.
Interações: Interações a ter em consideração: Anestésicos: Anestésicos como o halotano e o metoxiflurano podem reduzir a potência ocitócica de Metilergometrina.

Oxitocina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Os anestésicos gerais com grande poder relaxante do útero (halotano, clorofórmio, etc.) podem antagonizar o efeito da oxitocina. A administração com agentes vasopressores pode originar hipertensão arterial severa durante o período pós-parto. Encontram-se descritos alguns casos de acidente vascular por este motivo.
 Potencialmente Grave

Teofilina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A administração de halotano em doentes que recebam teofilina pode originar perturbações graves no ritmo cardíaco.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Besilato de atracúrio + Halotano

Observações: N.D.
Interações: O bloqueio neuromuscular produzido pelo Besilato de Atracúrio pode aumentar devido ao uso concomitante de anestésicos inalatórios tais como o halotano, isoflurano e enflurano.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Isoniazida + Rifampicina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: RIFAMPICINA: O halotano, quando administrado concomitantemente com a rifampicina, aumenta a hepatotoxicidade de ambos os fármacos.
 Multiplos efeitos Terapêuticos/Tóxicos

Carbetocina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Alguns anestésicos inalatórios, tais como o halotano e o ciclopropano, podem potenciar o efeito hipotensor e diminuir o efeito da carbetocina no útero. Foram reportadas arritmias durante a utilização concomitante com oxitocina.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Besilato de cisatracúrio + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Efeito aumentado: Por anestésicos, tais como enflurano, isoflurano, halotano e cetamina, por outros bloqueadores neuromusculares não despolarizantes ou por outros medicamentos como antibióticos (incluindo aminoglicosidos, polimixinas, espectinomicina, tetraciclinas, lincomicina e clindamicina), por antiarrítmicos (incluindo propranolol, bloqueadores do canal do cálcio, lignocaína, procainamida e quinidina), por diuréticos (incluindo furosemida e possivelmente tiazidas, manitol e acetazolamida), por sais de magnésio e lítio e por bloqueadores ganglionares (trimetafano, hexametónio).

Levodopa + Benserazida + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Anestesia geral com halotano: Levodopa / Benserazida deve ser suspenso 12-48 horas antes de uma intervenção cirúrgica que requeira uma anestesia geral com halotano, uma vez que podem ocorrer variações da pressão arterial e/ou arritmias.
 Potencialmente Grave

Lidocaína + Adrenalina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Se forem utilizadas soluções contendo um vasoconstritor, como a adrenalina, antes ou durante a administração de agentes anestésicos inalatórios como o halotano podem ocorrer arritmias cardíacas sérias.
 Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Artenimol + Piperaquina + Halotano

Observações: Não se realizaram estudos farmacocinéticos de interacção medicamentosa com Artenimol / Piperaquina. A avaliação do potencial de ocorrência de interações medicamentosas baseia-se em estudos in vitro.
Interações: A piperaquina tem o potencial de aumentar a velocidade do metabolismo de substratos da CYP2E1 produzindo uma diminuição das concentrações plasmáticas de substratos como o paracetamol ou a teofilina e os gases anestésicos enflurano, halotano e isoflurano. A principal consequência desta interacção poderá consistir numa diminuição da eficácia dos medicamentos administrados concomitantemente.

Perflutreno + Halotano

Observações: Não foram realizados estudos de interação.
Interações: Não foi estudada a utilização durante anestesia com halotano.

Articaína + Adrenalina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Certos anestésicos por inalação, como por exemplo o halotano, podem sensibilizar o coração ou as catecolaminas e, portanto, induzir arritmias após a administração de Articaína / Adrenalina.

Paracetamol + Fenilefrina + Guaifenesina + Halotano

Observações: n.d.
Interações: FENILEFRINA: O uso concomitante com agentes anestésicos halogenados tais como ciclopropano, halotano, enflurano, isoflurano pode provocar ou piorar arritmias ventriculares.

Dobutamina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: Anestésicos gerais: As arritmias ventriculares têm sido notificadas em animais que receberam doses normais de dobutamina durante a anestesia com halotano ou ciclopropano. Deste modo, recomenda-se precaução ao administrar a dobutamina, em doentes que recebem estes anestésicos.

Norfenefrina + Halotano

Observações: N.D.
Interações: A Norfenefrina interaje com: Anestésicos (especialmente arritmias perigosas com ciclopropano ou halotano volátil).
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017