Extrato seco de folhas de Vitis vinifera

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
Folha de uva

UVA FAMÍLIA: Vitaceae (Ampelidaceae)

NOME CIENTÍFICO: Vitis vinifera L.

NOME POPULAR Uva, parreira, videira.

PARTE USADA Sementes (óleo), folhas e frutos maduros na forma de sucos.


PRINCÍPIO ATIVO Flavonóides (4-5 %), taninos, ácidos (tartárico, málico, succínico, cítrico, oxálico), resveratrol.

PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS Anticarcinogênica, antitumoral, antioxidante, hepatoprotetora, vasoprotetora.


INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS Diminuir a quantidade de radicais livres de oxigênio.

O resveratrol encontrado na casca da uva vermelha é vasodilatadora e aumenta o HDL (bom) e diminui o LDL (ruim)

1. Atividade antioxidante: a proantocianidina presente nos extratos de semente de uva diminuem a quantidade de radicais livres de oxigênio.

Em um estudo, o efeito antioxidante da proantocianidina foi mais potente, comparativamente, que o efeito da vitamina C e da vitamina E succinato (Bagchi, 1997 citado em Gruenwald, 2000).

O componente também inibe a peroxidação dos lipossomas de fosfatidilcolina (Plumb, 1998 citado em Gruenwald, 2000).

A atividade antioxidante tem sido demonstrada em vários trabalhos através da inibição da peroxidação lipídica pelo extrato de sementes de uva.

Topicamente, as procianidinas previnem a degradação de componentes estruturais de matrizes extravasculares, como colágeno, elastina e ácido hialurônico.

No endotélio, a limpeza de radicais livres e os efeitos antiperoxidativos das procianidinas têm contribuído na manutenção da integridade estrutural por inibir as proteases como colagenase, elastase, hialuronidase e beta-glucuronidase (Foster, 1992).

2. Aumenta o HDL e diminui o LDL pela ação do resveratrol, presente na casca de uvas vermelhas.

3. Vasidilatadora (ação do resveratrol)

4. Prenine danos às artérias e inibe coágulo, infartos e derrames (ação do álcool)

5. Polifenois é um antiinflamatório natural das artérias.
Usos comuns
Medicamento à base de plantas indicado para prevenção e tratamento de dores nas pernas, dor varicosa, sintomas de varizes (tais como: inchaço, peso nas pernas, cansaço, sensação de tensão e formigamento), dores das pernas relacionadas a varizes, dores após escleroterapia venosa.
Tipo
Sem informação.
História
Vitis vinifera é a espécie de videira (Vitis sp.) mais cultivada para a produção do vinho na Europa.

Esta trepadeira da família das vitáceas, cujo fruto é a uva, foi cultivada por várias civilizações europeias desde há milhares de anos, o que originou dezenas de variedades, as denominadas castas, através de seleção artificial.

Originária da Ásia, a Vitis vinifera é cultivada em todas as regiões de clima temperado, fazendo da produção de vinho uma das atividades mais antigas da civilização, desde o período neolítico.
Indicações
Medicamento à base de plantas indicado para prevenção e tratamento de dores nas pernas, dor varicosa, sintomas de varizes (tais como: inchaço, peso nas pernas, cansaço, sensação de tensão e formigamento), dores das pernas relacionadas a varizes, dores após escleroterapia venosa.
Classificação CFT

3.6 : Venotrópicos

Mecanismo De Ação
O extrato de folhas de Vitis vinifera representa uma mistura complexa de classes diferentes de compostos nos quais flavona/falvonóis glucosídeos e glucuronídeos demonstraram atividade anti-inflamatória.


Estudos não-clínicos in vitro realizados em ratos e coelhos demonstraram que o extrato de folhas de Vitis vinifera e seus flavonóides protegem o epitélio vascular estabilizando as membranas e aumentando sua elasticidade.

A redução no extravasamento de plasma, proteínas ou água para os tecidos intersticiais em torno das veias inibe a formação de edema e reduz os edemas já existentes.
Posologia Orientativa
Adultos e idosos
Uma vez por dia 1 a 2 comprimidos.
Administração
Os comprimidos devem ser engolidos inteiros com um copo de água pela antes pequeno-almoço.
Contraindicações
Hipersensibilidade ao Extrato seco de folhas de Vitis vinifera.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Reações incomuns(>1/1.000 e < 1/100):
Doenças do sistema nervoso:
Dor de cabeça

Doenças gastrointestinais:
Náusea, dor de estômago e outras doenças do aparelho digestivo

Tecidos cutâneos e subcutâneos:
Prurido e eritema, urticária
Advertências
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante a gravidez. Categoria B
Aleitamento
Aleitamento:Não se recomenda o uso durante a lactação.
Precauções Gerais
Se aparecer, principalmente em uma das pernas, inchaço súbito, vermelhidão na pele, sensação de tensão, calor e dor, um médico deverá ser consultado.

No caso de resposta sintomática inadequada ou insatisfatória no período de 6 semanas de tratamento, deve-se consultar um médico, uma vez que os sintomas podem ser devido a outras causas.

O uso em crianças e adolescentes com menos de 18 anos não é recomendada.
Cuidados com a Dieta
Não interfere com alimentos e bebidas.
Terapêutica Interrompida
Não utilize uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.
Cuidados no Armazenamento
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não conservar acima de 30° C.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Não se recomenda o uso durante a gravidez e lactação.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 31 de Outubro de 2019