Ectoína

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
Ectoína (1,4,5,6-tetra-hidro-2-metil-4-pirimidinocarboxílico ácido) é um composto natural encontrado em várias espécies de bactérias.

É um soluto compatível, que serve como uma substância protectora, agindo como um agente osmótico e, assim, ajuda os organismos a sobrevivem ao stress osmótico extremo.

Ectoína é encontrada em altas concentrações nos microorganismos halofílicos.

Ectoína foi identificado pela primeira vez no microrganismo Ectothiorhodospira halochlori, mas, desde então tem sido encontrada numa ampla gama de bactérias Gram-negativas e Gram-positivas.
Outras espécies de ectoine foram encontrados em:
Lençóis Brevibacterium
Halomonas elongata
Marinococcus halófila
Pseudomonas stutzeri
Usos comuns
Também exerce efeitos protetores em E.coli durante a secagem e armazenamento.

Ectoína é uma molécula de proteção celular natural com propriedades de estabilização da membrana e redução da inflamação.

Está indicado no alívio e tratamento dos sintomas de vermelhidão e prurido causados por vários tipos de dermatoses inflamatórias, incluindo dermatite atópica, dermatite de contacto e radiodermatite.

Ectoína contribui para aliviar e acalmar a pele irritada e lesada, ao reduzir as reações inflamatórias e ao auxiliar o processo de regeneração.

Pode também ser utilizado como tratamento preventivo nos estados subagudos, devido às suas propriedades protetoras e de estabilização da barreira da pele.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Também exerce efeitos protetores em E.coli durante a secagem e armazenamento.

Ectoína é uma molécula de proteção celular natural com propriedades de estabilização da membrana e redução da inflamação.

Está indicado no alívio e tratamento dos sintomas de vermelhidão e prurido causados por vários tipos de dermatoses inflamatórias, incluindo dermatite atópica, dermatite de contacto e radiodermatite.

Ectoína contribui para aliviar e acalmar a pele irritada e lesada, ao reduzir as reações inflamatórias e ao auxiliar o processo de regeneração.

Pode também ser utilizado como tratamento preventivo nos estados subagudos, devido às suas propriedades protetoras e de estabilização da barreira da pele.
Classificação CFT
n.d.     n.d.
Mecanismo De Ação
Ectoina é sintetizada em três reacções enzimáticas sucessivas a partir de aspártico β-semialdeído.

Os genes envolvidos na biossíntese são chamados ECTA, ectB e ECTC e que codificam as enzimas L-2,4-diaminobutírico acetiltransferase ácido, transaminase do ácido L-2,4-diaminobutírico, e L-ectoine sintase, respectivamente.

Ectoina é usada como um ingrediente ativo em cuidados da pele e proteção solar produtos.

Estabiliza proteínas e de outras estruturas celulares e protege a pele contra a radiação UV, como tensões e secura.
Posologia Orientativa
Salvo indicação médica em contrário, ectoína deve ser aplicado duas vezes ao dia, ou mais vezes se for necessário.

O creme deve ser aplicado nas zonas da pele afetadas, com uma ligeira massagem, até
completa absorção.

Ectoína pode também ser utilizado a longo prazo.

Se ocorrer comprometimento da condição da pele durante o tratamento, ou se a condição da pele não melhorar, mesmo após tratamento a longo prazo, descontinue o tratamento e consulte o médico.
Administração
Via cutânea.

O creme deve ser aplicado nas zonas da pele afetadas, com uma ligeira massagem, até
completa absorção.
Contraindicações
Hipersensibilidade à Ectoína.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Ectoína é bem tolerado.

Até à data, não são conhecidos efeitos indesejáveis que ocorram regularmente ou que sejam persistentes.

Em casos isolados foi descrita a ocorrência de ardor local, geralmente transitório.

Se os sintomas persistirem ou piorarem, consulte o médico ou farmacêutico.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Não existe informação disponível relativamente à utilização de ectoína durante a gravidez e aleitamento.
Aleitamento
Aleitamento:Não existe informação disponível relativamente à utilização de ectoína durante a gravidez e aleitamento.
Precauções Gerais
Ectoína deve ser imediatamente descontinuado em caso de reação alérgica.

Não deve ser usado em pele infetada.

Por razões de higiene, este produto deverá ser utilizado apenas por uma pessoa.

Este produto destina-se apenas a aplicação tópica na pele.
Cuidados com a Dieta
Não aplicável.
Terapêutica Interrompida
Não aplicável.
Cuidados no Armazenamento
Mantenha fora da vista e do alcance das crianças.

Ectoína deverá ser utilizado no prazo de 3 meses após a primeira abertura da bisnaga.

Etoína deve ser conservado entre 2ºC e 25ºC.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Sem Resultados
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Não são conhecidas interações entre a ectoína e outros cremes.

Após a utilização de ectoína, deverá respeitar-se um intervalo de 2 horas antes da aplicação tópica de outros dispositivos médicos, medicamentos ou cremes.

Não existe informação disponível relativamente à utilização de ectoína durante a gravidez e aleitamento.

Consulte o médico ou farmacêutico antes de utilizar ectoína se:
- estiver grávida ou a amamentar;
- se não tem a certeza de estar grávida.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017