Ciproterona + Etinilestradiol

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
Etinilestradiol / acetato de ciproterona (EE / CPA), também conhecido como co-ciprindiol, é uma combinação de etinilestradiol (EE), um estrogénio e acetato de ciproterona (CPA), a progestógeno e antiandrogénico, que é usado como pílula anticoncepcional para prevenir a gravidez em mulheres.
Também é usado para tratar doenças dependentes de androgénio em mulheres, como acne, seborreia, crescimento excessivo de pelos faciais / corporais, queda de cabelo no couro cabeludo e níveis elevados de androgénio devido a ovários com cistos. [
Usos comuns
Ciproterona, Etinilestradiol é utilizada para tratar doenças de pele, tais como acne, pele muito oleosa e crescimento excessivo de pelos em mulheres em idade fértil.

Devido às suas propriedades contraceptivas, só lhe deve ser prescrito se o Médico considerar que o tratamento com um contraceptivo hormonal é apropriado.

Só se deve tomar Ciproterona, Etinilestradiol se a doença de pele não tiver melhorado após a utilização de outros tratamentos antiacne, incluindo tratamentos tópicos e antibióticos.
Tipo
Sem informação.
História
As pílulas anticoncepcionais contendo CPA / EE foram desenvolvidas em 1975 e foram introduzidas pela primeira vez para uso médico em 1978.
Continham originalmente 50 μg de EE (Diane); subsequentemente, a dosagem de EE foi reduzida para 35 μg em uma nova preparação de "dose baixa" em 1986 (Diane-35).
Indicações
Tratamento da acne moderada a grave relacionada com sensibilidade aos androgénios (com ou sem seborreia) e/ou hirsutismo, em mulheres em idade fértil.
Classificação CFT

08.05.01.02 : Anticoncepcionais

Mecanismo De Acção
A unidade pilosebácea – que consiste na glândula sebácea e o folículo piloso – é um componente da pele sensível ao androgénio.

A acne, a seborreia, o hirsutismo e a alopécia androgénica são situações clínicas resultantes de anomalias deste órgão-alvo que podem ser causadas por sensibilidade aumentada ou níveis plasmáticos elevados de androgénio.

Ambas as substâncias Ciproterona e Etinilestradiol influenciam beneficamente o estado hiperandrogénico: o acetato de ciproterona é um antagonista competitivo de receptor androgénico, tem efeitos inibitórios na síntese do androgénio nas células-alvo e produz uma diminuição da concentração sanguínea de androgénio por um efeito antigonadotrófico.

Este efeito antigonadotrófico é amplificado pelo etinilestradiol que também regula a síntese da Globulina de ligação às Hormonas Sexuais (SHBG) no plasma.

Deste modo, reduz o androgénio livre biologicamente disponível na circulação.

O tratamento com Ciproterona, Etinilestradiol leva – normalmente após 3 ou 4 meses de tratamento – ao desaparecimento de eflorescências acneicas existentes.

A gordura excessiva da pele e do cabelo desaparece geralmente mais cedo.

A perda de cabelo que geralmente acompanha a seborreia diminui igualmente.

Em mulheres com formas moderadas de hirsutismo e, em particular, com um aumento ligeiro da pilosidade facial, os resultados não são normalmente aparentes antes de vários meses de utilização.

O efeito contraceptivo de Ciproterona, Etinilestradiol é baseado na interacção de diversos factores, os mais importantes dos quais são a inibição da ovulação e as alterações da secreção cervical.

Adicionalmente à proteção contra a gravidez, as combinações estrogénio-progestagénio, além das propriedades adversas têm algumas propriedades positivas: o ciclo é mais regular e a menstruação é geralmente menos dolorosa e a hemorragia menor.

Esta última pode resultar numa diminuição da ocorrência de falta de ferro.
Posologia Orientativa
Os comprimidos devem ser tomados todos os dias à mesma hora, pela ordem indicada no blister.

Diariamente deve tomar um comprimido durante 21 dias consecutivos.

O blister seguinte deverá ser iniciado após um intervalo de 7 dias sem toma de comprimidos, durante o qual ocorre habitualmente uma hemorragia de privação normalmente 2 a 3 dias após o último comprimido e poderá não terminar antes do início do novo blister.
Administração
Via oral.
Contra-Indicações
Não tome Ciproterona, Etinilestradiol:
– se está a utilizar outro contraceptivo hormonal
– se tem (ou tiver tido) um coágulo sanguíneo na perna (trombose), pulmão (embolia pulmonar) ou noutra parte do corpo
– se tem (ou tiver tido) uma doença que possa ser um indicador de um futuro ataque cardíaco (p. ex., angina de peito, que provoca dor forte no peito) ou 'mini trombose' (acidente isquémico transitório)
– se tem (ou tiver tido) um ataque cardíaco ou trombose
– se tem uma situação que poderá aumentar o risco de um coágulo sanguíneo nas artérias.

Isto aplica-se às seguintes situações:
– diabetes que afecta os vasos sanguíneos
– tensão arterial muito elevada
– um nível muito elevado de gordura no sangue (colesterol ou triglicéridos)
– se tem problemas de coagulação sanguínea (p. ex., deficiência de proteína C)
– se tem (ou tiver tido) uma enxaqueca, com perturbações visuais
– se tem ou teve pancreatite (uma inflamação do pâncreas) associada a níveis elevados de substâncias gordas no sangue
– se tem icterícia (amarelecimento da pele) ou doença grave do fígado
– se tem ou teve um cancro que pode aumentar por influência de hormonas sexuais (por ex. da mama ou dos órgãos genitais)
– se tem ou teve um cancro benigno ou maligno do fígado
– se tem qualquer hemorragia vaginal de causa desconhecida
– se está ou pensa que pode estar grávida
– se está a amamentar
– se tem alergia ao etinilestradiol ou ao acetato de ciproterona ou a qualquer Ciproterona + Etinilestradiol não se destina à utilização em homens.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Efeitos secundários possíveis
Os seguintes efeitos secundários têm sido descritos por utilizadoras de Ciproterona, Etinilestradiol, apesar de não serem necessariamente causados por Ciproterona, Etinilestradiol.
Estes efeitos secundários podem ocorrer nos primeiros meses que está a tomar Ciproterona, Etinilestradiol e geralmente diminuem com o tempo.

Efeitos secundários frequentes (podem ocorrer até 1 em cada 10 pessoas):
- náuseas, dor abdominal
- aumento de peso
- dor de cabeça
- depressão de humor, alteração de humor
- dor na mama, tensão mamária.

Efeitos secundários pouco frequentes (podem ocorrer até 1 em cada 100 pessoas):
- vómitos, diarreia
- retenção de líquidos
- enxaqueca
- diminuição da libido
- hipertrofia da mama
- rash, urticária.

Efeitos secundários raros (podem ocorrer até 1 em cada 1 000 pessoas):
- intolerância às lentes de contacto
- hipersensibilidade
- diminuição do peso
- aumento da libido
- corrimento vaginal, corrimento mamário
- eritema nodoso, eritema multiforme
- coágulo sanguíneo venoso.

Se tem angioedema hereditário, o uso de estrogénios exógenos pode induzir ou exacerbar sintomas de angioedema.
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:A administração de Ciproterona + Etinilestradiol está contra-indicada durante a gravidez.
Aleitamento
Aleitamento
Aleitamento:A administração de Ciproterona + Etinilestradiol está igualmente contra-indicada durante o aleitamento. O acetato de ciproterona passa para o leite materno.
Precauções Gerais
Pare de tomar os comprimidos e consulte imediatamente o médico se notar possíveis sinais de trombose, enfarte do miocárdio ou acidente vascular cerebral:
– uma tosse pouco usual;
– dor forte no peito que pode atingir o braço esquerdo;
– falta de ar;
– qualquer dor de cabeça ou enxaqueca pouco usual, forte ou prolongada;
– perda parcial ou completa da visão ou visão dupla;
– dificuldade ou atraso na fala;
– alterações repentinas da audição, do cheiro ou sabor;
– tonturas ou desmaio;
– fraqueza ou dormência em qualquer parte do corpo;
– dor forte no abdómen;
– dor forte ou inchaço numa das pernas.
– possíveis sinais de um coágulo sanguíneo.

Não protege contra a infecção por VIH (SIDA) ou qualquer outra doença sexualmente transmissível.
Cuidados com a Dieta
Não interfere com alimentos e bebidas.
Terapêutica Interrompida
– Se estiver menos de 12 horas atrasada na toma do comprimido, a fiabilidade de Ciproterona + Etinilestradiol é mantida. Tome o comprimido logo que se lembre e tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

– Se estiver mais de 12 horas atrasada na toma de qualquer comprimido, a fiabilidade de Ciproterona + Etinilestradiol pode estar reduzida.
Quantos mais comprimidos seguidos tiver esquecido, mais elevado é o risco do efeito contraceptivo estar diminuído.

Existe um risco particularmente elevado em engravidar se esquecer de tomar os comprimidos do início ou do fim da embalagem.
Assim, deverá seguir as regras abaixo descritas.

Mais de 1 comprimido esquecido numa embalagem: Peça conselho ao médico.

1 comprimido esquecido na semana 1: Tome o comprimido esquecido logo que se lembre (mesmo que isto signifique tomar dois comprimidos ao mesmo tempo) e tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

Tome precauções contraceptivas adicionais (método de barreira) durante os 7 dias seguintes.

Se teve relações sexuais na semana anterior ao esquecimento do comprimido, há uma possibilidade de engravidar. Por isso informe imediatamente o seu Médico.

1 comprimido esquecido na semana 2: Tome o comprimido esquecido logo que se lembre (mesmo que isso signifique tomar dois comprimidos ao mesmo tempo) e tome os comprimidos seguintes à hora habitual.

A fiabilidade de Ciproterona + Etinilestradiol é mantida.
Não necessita de tomar precauções contraceptivas adicionais.

1 comprimido esquecido na semana 3: Pode escolher uma das seguintes opções, sem necessidade de precauções contraceptivas adicionais:
– Tome o comprimido esquecido logo que se lembre (mesmo que isto signifique tomar dois comprimidos ao mesmo tempo) e tome os comprimidos seguintes à hora habitual.
Comece a embalagem seguinte logo que a embalagem actual terminar de modo a que não haja intervalo entre as embalagens. Pode não ter menstruação até ao final da segunda embalagem, mas poderá ter spotting ou hemorragia de disrupção durante os dias em que toma os comprimidos.

Ou
– Pare de tomar os comprimidos da sua embalagem actual, faça um intervalo sem toma de comprimidos de 7 dias ou menos (conte também o dia em que esqueceu o comprimido) e continue com a embalagem seguinte. Se seguir este método, pode sempre começar a embalagem seguinte no dia da semana em que habitualmente o faz.

– Se esqueceu de comprimidos numa embalagem e não tiver a menstruação esperada no primeiro intervalo habitual sem toma de comprimidos, pode estar grávida.
Consulte o Médico antes de iniciar a embalagem seguinte.
Cuidados no Armazenamento
Não conservar acima de 30ºC.

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao médico, enfermeiro ou farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espectro de susceptibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Fenitoína

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Fenitoína
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Barbitúricos

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Barbitúricos
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Primidona

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Primidona
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Carbamazepina

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Carbamazepina
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Rifampicina (rifampina)

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Rifampicina (rifampina)
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Oxcarbazepina

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Oxcarbazepina
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Topiramato

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Topiramato
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Felbamato

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Felbamato
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Griseofulvina

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Griseofulvina
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Ciproterona + Etinilestradiol Hipericão (Erva de S. João; Hypericum perforatum)

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Podem ocorrer interacções com substâncias que induzem as enzimas microssomais o que pode resultar numa depuração aumentada de hormonas sexuais (por ex. fenitoína, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, e possivelmente também oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofluvina e produtos contendo Erva de São João ou hipericão). - Hipericão (Erva de S. João; Hypericum perforatum)
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Inibidores da Protease (IP)

Observações: Interações medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Também a protease VIH (por ex. ritonavir) e inibidores não-nucleósidos da transcriptase reversa (por ex. nevirapina), e combinações dos dois, têm sido reportados como afetando potencialmente o metabolismo hepático. - Inibidores da Protease (IP)
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Ritonavir

Observações: Interações medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Também a protease VIH (por ex. ritonavir) e inibidores não-nucleósidos da transcriptase reversa (por ex. nevirapina), e combinações dos dois, têm sido reportados como afetando potencialmente o metabolismo hepático. - Ritonavir
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Inibidores nucleosídeos da transcriptase inversa (reversa) (NRTIs)

Observações: Interações medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Também a protease VIH (por ex. ritonavir) e inibidores não-nucleósidos da transcriptase reversa (por ex. nevirapina), e combinações dos dois, têm sido reportados como afetando potencialmente o metabolismo hepático. - Inibidores nucleosídeos da transcriptase inversa (reversa) (NRTIs)
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Nevirapina

Observações: Interações medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Também a protease VIH (por ex. ritonavir) e inibidores não-nucleósidos da transcriptase reversa (por ex. nevirapina), e combinações dos dois, têm sido reportados como afetando potencialmente o metabolismo hepático. - Nevirapina
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Antibióticos

Observações: Interações medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Alguns relatórios clínicos sugerem que a circulação enterohepática dos estrogénios pode diminuir quando certos agentes antibióticos são utilizados, o que pode reduzir as concentrações de etinilestradiol (por ex. penicilinas, tetraciclinas). As mulheres em tratamento com qualquer uma destas substâncias devem utilizar temporariamente um método de barreira em adição ao Ciproterona / Etinilestradiol ou escolher outro método de contraceção. Com substâncias indutoras das enzimas microssomais, o método de barreira deve ser utilizado durante o tratamento com o medicamento concomitante e nos 28 dias seguintes à sua descontinuação. As mulheres em tratamento com antibióticos (exceto rifampicina e griseofluvina) devem utilizar o método barreira nos 7 dias seguintes à descontinuação do tratamento. Se o período de utilização do método barreira ultrapassar o fim dos comprimidos no blister de Ciproterona / Etinilestradiol, o blister seguinte deve ser iniciado sem o habitual intervalo sem comprimidos. - Antibióticos
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Penicilinas

Observações: Interações medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Alguns relatórios clínicos sugerem que a circulação enterohepática dos estrogénios pode diminuir quando certos agentes antibióticos são utilizados, o que pode reduzir as concentrações de etinilestradiol (por ex. penicilinas, tetraciclinas). As mulheres em tratamento com qualquer uma destas substâncias devem utilizar temporariamente um método de barreira em adição ao Ciproterona / Etinilestradiol ou escolher outro método de contraceção. Com substâncias indutoras das enzimas microssomais, o método de barreira deve ser utilizado durante o tratamento com o medicamento concomitante e nos 28 dias seguintes à sua descontinuação. As mulheres em tratamento com antibióticos (exceto rifampicina e griseofluvina) devem utilizar o método barreira nos 7 dias seguintes à descontinuação do tratamento. Se o período de utilização do método barreira ultrapassar o fim dos comprimidos no blister de Ciproterona / Etinilestradiol, o blister seguinte deve ser iniciado sem o habitual intervalo sem comprimidos. - Penicilinas
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Tetraciclinas

Observações: Interações medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: Alguns relatórios clínicos sugerem que a circulação enterohepática dos estrogénios pode diminuir quando certos agentes antibióticos são utilizados, o que pode reduzir as concentrações de etinilestradiol (por ex. penicilinas, tetraciclinas). As mulheres em tratamento com qualquer uma destas substâncias devem utilizar temporariamente um método de barreira em adição ao Ciproterona / Etinilestradiol ou escolher outro método de contraceção. Com substâncias indutoras das enzimas microssomais, o método de barreira deve ser utilizado durante o tratamento com o medicamento concomitante e nos 28 dias seguintes à sua descontinuação. As mulheres em tratamento com antibióticos (exceto rifampicina e griseofluvina) devem utilizar o método barreira nos 7 dias seguintes à descontinuação do tratamento. Se o período de utilização do método barreira ultrapassar o fim dos comprimidos no blister de Ciproterona / Etinilestradiol, o blister seguinte deve ser iniciado sem o habitual intervalo sem comprimidos. - Tetraciclinas
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Ciclosporina

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: As combinações estrogénio-progestagénicas, como o Ciproterona / Etinilestradiol, podem afectar o metabolismo de outras substâncias. Deste modo, as concentrações no plasma e nos tecidos podem tanto ser aumentadas (por ex. ciclosporina) como diminuídas (por ex. lamotrigina). Nota: A informação sobre prescrição de medicação concomitante deve ser avaliada para identificar possíveis interacções. - Ciclosporina
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Lamotrigina

Observações: interacções medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: As combinações estrogénio-progestagénicas, como o Ciproterona / Etinilestradiol, podem afectar o metabolismo de outras substâncias. Deste modo, as concentrações no plasma e nos tecidos podem tanto ser aumentadas (por ex. ciclosporina) como diminuídas (por ex. lamotrigina). Nota: A informação sobre prescrição de medicação concomitante deve ser avaliada para identificar possíveis interacções. - Lamotrigina
Usar com precaução

Ciproterona + Etinilestradiol Testes Laboratoriais/Diagnóstico

Observações: Interações medicamentosas entre combinações estrogénio-progestagénio como o Ciproterona / Etinilestradiol e outros medicamentos podem originar uma hemorragia de disrupção e/ou falha contracetiva.
Interacções: A utilização de medicamentos como Ciproterona / Etinilestradiol pode influenciar os resultados de certos testes laboratoriais, incluindo parâmetros bioquímicos do fígado, tiróide, função suprarrenal e renal, níveis plasmáticos das proteínas (de transporte), como por ex. globulinas de ligação aos corticosteróides, frações lipídicas/lipoproteicas, parâmetros de metabolismo dos hidratos de carbono e parâmetros de coagulação e fibrinólise. As alterações geralmente mantêm-se dentro dos valores laboratoriais normais. - Testes Laboratoriais/Diagnóstico
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interacções da Ciproterona + Etinilestradiol
Informe o Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

A administração de Ciproterona + Etinilestradiol está contra-indicada durante a gravidez. Se, durante a medicação com Ciproterona + Etinilestradiol, ocorrer uma gravidez deve interromper-se imediatamente a sua toma.

A administração de Ciproterona + Etinilestradiol está igualmente contra-indicada durante o aleitamento. O acetato de ciproterona passa para o leite materno.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Novembro de 2021