Cicloserina (Terizidona)

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI com Advertência na Insuficiência Renal
O que é
Substância antibiótica produzida por Streptomyces garyphalus.
Usos comuns
A Cicloserina é utilizada para tratar a tuberculose (TB).

A Cicloserina também é usada para tratar infecções do tracto urinário e outros tipos de infecções que não responderam a outros tratamentos.
Tipo
Molécula pequena.
História
Sem informação.
Indicações
É utilizado em combinação com até 5 outros medicamentos para o tratamento de Mycobacterium avium complexo (MAC) e também para tratar a tuberculose (TB).
Classificação CFT

N.D.

Mecanismo De Ação
A cicloserina é um análogo do D-aminoácido alanina.

Interfere com um passo inicial na síntese da parede celular bacteriana no citoplasma através da inibição competitiva de duas enzimas, a L-alanina-racemase, que forma a D-alanina a partir de L-alanina, e a D-sintetase alanilalanine, que incorpora a D-alanina no pentapeptídeo necessário para a formação de peptidoglicano e a síntese da parede celular bacteriana.
Posologia Orientativa
Dose adulta usual para a Tuberculose – extrapulmonar:
– 500 mg a 1 g por via oral/dia, em uma ou duas doses divididas (10 a 15 mg/kg/dia).

Duração: O tratamento deve continuar até que a conversão bacteriológica permanente e melhora clínica máxima ocorram, geralmente, de 18 a 24 meses.

Dose adulta usual para a Tuberculose - activo:
– 500 mg a 1 g por via oral/dia, em uma ou duas doses divididas (10 a 15 mg/kg/dia).

Duração: O tratamento deve continuar até que a conversão bacteriológica permanente e melhora clínica máxima ocorram, geralmente, de 18 a 24 meses.

Dose pediátrica usual para a Tuberculose - extrapulmonar:
Crianças: 10 a 15 mg/kg/dia, em duas doses divididas;
Dose máxima: 1 g/dia;

Dose pediátrica usual para Tuberculose - activa:
Crianças: 10 a 15 mg/kg/dia, em duas doses divididas;
Dose máxima: 1 g/dia.
Administração
Via oral.

Pode ser ingerido com alimentos.
Contraindicações
Não usar cicloserina se:
– for alérgico a qualquer ingrediente da cicloserina
– tiver depressão, ansiedade grave, psicose (comportamento ou pensamentos bizarros), epilepsia, ou problemas renais graves
– for alcoólico ou beber quantidades excessivas de álcool.

Deve contactar o médico ou profissional de saúde imediatamente se algum destes casos se aplicar a si.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Se sentir algum dos seguintes efeitos secundários graves, procurar atendimento médico de emergência ou contactar o médico imediatamente:
– Uma reacção alérgica (dificuldade em respirar, fechamento da garganta, inchaço dos lábios, língua, face ou urticária);
– Convulsões;
– Dormência ou formigueiro nas mãos ou pés;
– Uma erupção na pele;
– Confusão ou comportamento anormal;
– Tremores (agitação);
– Dor de cabeça;
– Sonolência;
– Tonturas;
– Dificuldade em falar, ou
– Irritabilidade.

Podem ocorrer também outros efeitos secundários que não os listados aqui.

Deve falar com o médico sobre qualquer efeito colateral que pareça invulgar ou que seja demasiado incómodo.
Advertências

Sem informação.

Precauções Gerais
É muito importante que o médico verifique o seu progresso em consultas regulares.

Se os sintomas não melhorarem no prazo de 2 a 3 semanas, ou se piorarem, deve consultar o médico.

Se a cicloserina o faz sentir muito deprimido ou com pensamentos suicidas, deve consultar o médico imediatamente. O médico provavelmente vai querer mudar o medicamento.

A cicloserina pode provocar tonturas nalgumas pessoas, sonolência ou fazer com que estejam menos alerta do que normalmente.

Certifique-se de que sabe como reage à cicloserina antes de conduzir, utilizar máquinas, ou fazer qualquer outra coisa que poderia ser perigosa se estivesse tonto ou pouco alerta. Se estas reacções forem especialmente incómodas, deve falar com o médico.

Alguns dos efeitos colaterais da cicloserina (por exemplo, convulsões (crises)) podem ocorrer com maior probabilidade se se ingerirem bebidas alcoólicas regularmente enquanto se estiver a tomar a cicloserina. Portanto, não deve beber bebidas alcoólicas enquanto estiver a tomar cicloserina.
Cuidados com a Dieta
A cicloserina pode ser tomada com ou sem alimentos.

Se ocorrerem dores de estômago, tomar com alimentos para reduzir a irritação do estômago.
Terapêutica Interrompida
Tomar a dose assim que se lembrar. No entanto, se for quase hora da próxima dose regularmente agendada, pular a dose e tomar a próxima como indicado.

Não tomar uma dose dupla da medicação.
Cuidados no Armazenamento
Guardar o medicamento num recipiente fechado à temperatura ambiente, longe do calor, humidade e luz directa. Evitar o congelamento.

Manter fora do alcance das crianças.

Não guardar medicamentos desactualizados ou que já não são necessários.
Espectro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
É activo contra o Mycobacterium tuberculosis e micobactérias de crescimento rápido.
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Alfatocoferol + Piridoxina + Retinol + Cicloserina (Terizidona)

Observações: N.D.
Interações: Piridoxina aumenta a excreção de certos medicamentos que actuam como antagonistas de piridoxina (por exemplo, cicloserina e isoniazida). - Cicloserina (Terizidona)
Redutora do efeito Terapêutico/Tóxico

Piridoxina (Vitamina B6) + Cicloserina (Terizidona)

Observações: N.D.
Interações: Os seguintes medicamentos podem interferir e reduzir os níveis de cloridrato de piridoxina (vitamina B6): - Cicloserina - Hidralazinas - Isoniazida - Desoxipiridoxina - D-penicilamina - Contraceptivos orais - Álcool - Cicloserina (Terizidona)
Usar com precaução

Isoniazida + Cicloserina (Terizidona)

Observações: A isoniazida é um inibidor do metabolismo hepático de vários fármacos, o que pode potenciar a toxicidade de alguns fármacos tomados concomitantemente. Alimentos ricos em tiramina (queijo e peixe): A isoniazida com o consumo destes alimentos, pode causar elevação dos valores tensionais, taquicardia e rubor facial.
Interações: Existem evidências de efeitos adversos a nível do sistema nervoso. - Cicloserina (Terizidona)
Redutora do efeito Terapêutico/Tóxico

Cianocobalamina + Piridoxina + Tiamina + Cicloserina (Terizidona)

Observações: N.D.
Interações: Os antagonistas da piridozina, como por exemplo, a isoniazida (INH), a cicloserina, a penicilamina e a hidralazina podem reduzir a eficácia da vitamina B6 (piridoxina). - Cicloserina (Terizidona)
Usar com precaução

Bacilo Calmette-Guérin + Cicloserina (Terizidona)

Observações: N.D.
Interações: Foi descrita uma resistência à pirazinamida e à cicloserina. - Cicloserina (Terizidona)
Usar com precaução

Cobamamida + Cocarboxilase + Piridoxina + Riboflavina + Cicloserina (Terizidona)

Observações: N.D.
Interações: Outros medicamentos que interferem com a piridoxina: Isoniazida, cicloserina, etionamida, penicilamina e Imunossupressores. - Cicloserina (Terizidona)
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interações da Cicloserina (Terizidona)
Tomar cicloserina exactamente como indicado pelo médico. Se não entender as instruções, deve pedir ao farmacêutico, enfermeiro ou médico para lhas explicar.

Tomar cada dose com um copo cheio (8 oz) de água. A cicloserina é tomada geralmente duas vezes por dia. Seguir as instruções do médico.

Deve tomar toda a cicloserina que lhe foi receitada mesmo que comece a sentir-se melhor. Os sintomas podem começar a melhorar antes que a infecção esteja totalmente tratada.

A cicloserina é normalmente combinada com um ou mais medicamentos contra a tuberculose. O médico também pode querer que tome um comprimido diário de vitamina B6 suplementar (piridoxina) durante o tratamento para diminuir os efeitos colaterais.

Conservar o medicamento à temperatura ambiente longe da humidade e calor.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 26 de Novembro de 2020