Ácido salicílico + Fluorouracilo

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento DCI com Advertência na Insuficiência Renal
O que é
Ácido salicílico + Fluorouracilo pertence ao grupo dos Medicamentos usados em afecções cutâneas. Preparações para verrugas, calos e condilomas.

O Fluorouracilo e Ácido salicílico, que possuem propriedades citostáticas (inibindo a síntese de dTMP) e queratolíticas, respectivamente.
Usos comuns
É utilizado no tratamento de verrugas vulgares, verrugas juvenis planas, verrugas plantares. Verrugas seborreicas. Queratoses solares.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Verrugas vulgares, verrugas juvenis planas, verrugas plantares.
Verrugas seborreicas.
Queratoses solares.
Classificação CFT

13.08.03 : Preparações para verrugas, calos e condilomas

Mecanismo De Acção
O 5-fluorouracilo é um antimetabolito que tem uma acção funcionalmente semelhante à base uracilo da pirimidina, razão porque sofre um processo de transformação celular análogo ao da referida base.

Assim, o 5-fluorouracilo, inibindo a síntese de dTMP (desoxitimidina monofosfato), impede a passagem dos desoxiribunucleótidos a DNA (1 e 2).

O efeito do 5-fluorouracilo exerce-se, sobretudo, em tecidos em rápido crescimento celular das verrugas, fazendo-as desaparecer.

Não é possível levar a cabo estudos de experimentação animal em que se investigue esta acção de Verrumal, uma vez que, no animal, não há correspondente às verrugas existentes na espécie humana.

O Ácido salicílico é um conhecido queratolítico que produz descamação cutânea, provocando a solução da matéria intercelular que cimenta a união nas camadas stratum corneum.

Num importante trabalho, Almeida Gonçalves mostrou que a combinação do Ácido salicílico com o 5-fluorouracilo, numa mesma preparação, proporciona um bom efeito terapêutico nas verrugas.
Posologia Orientativa
Utilize este medicamento exactamente como indicado pelo médico.

Na dose recomendada é aplicado localmente 2 a 3 vezes por dia em todas as verrugas, salvo prescrição médica em contrário.
Administração
Uso cutâneo.
Contra-Indicações
Não utilize:
- Se tem alergia (hipersensibilidade) à substâncias activas.
- Se tem insuficiência renal.
- Durante a gravidez, no período de aleitamento, em bebés ou crianças de tenra idade.
- Em grandes áreas da pele(áreas superiores a 25 cm2), nem deve contactar com os olhos nem com as mucosas.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Ocasionalmente: sensação de queimadura, sobretudo após a aplicação.

Raramente: reacções cutâneas erosivas.

Se a sensação de queimadura, ou mesmo a queimadura for acentuada, dever-se-á suspender o tratamento.

Devido à acção de acentuado amolecimento da camada córnea da pele, pode verificar-se uma coloração esbranquiçada e uma descamação da pele na vizinhança das verrugas.

Em caso de quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados aqui, entre em contacto com o Médico ou Farmacêutico.
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:Ácido salicílico + Fluorouracilo é contra-indicado durante a gravidez
Aleitamento
Aleitamento
Aleitamento:Ácido salicílico + Fluorouracilo é contra-indicado durante a amamentação
Insuf. Renal
Insuf. Renal
Insuf. Renal:Ácido salicílico + Fluorouracilo não pode ser utilizado em doentes com insuficiência renal
Precauções Gerais
Se já teve alguma destas doenças ou outras situações:
Diabetes ou perturbações circulatórias deve informar o médico.

Se as verrugas se localizam em sítios onde a epiderme é particularmente fina, a frequência das aplicações deve ser reduzida ou o médico deve ser consultado mais regularmente, dado que o efeito emoliente ao nível da camada córnea exercido pelo Ácido salicílico contido no Verrumal solução cutânea pode levar à formação de cicatrizes.

Nas verrugas periungueais e, particularmente, nas subungueais, há que ter uma atenção especial para não lesar o leito ungueal.

As verrugas que tenham tendência para formar uma camada córnea devem submeter-se a um pré-tratamento com um emplastro de Ácido salicílico.

Evitar o contacto com os olhos e com as mucosas.
Cuidados com a Dieta
Não aplicável.
Terapêutica Interrompida
Não aplicável.
Cuidados no Armazenamento
Não conservar acima de 25ºC.

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espectro de susceptibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Potencialmente Grave

Ácido salicílico + Fluorouracilo Brivudina

Observações: n.d.
Interacções: A enzima dihidropirimidina desidrogenase (DPD) desempenha um papel importante na decomposição do fluorouracilo. Nucleósidos análogos como, por exemplo, a brivudina e a sorivudina podem causar um aumento drástico das concentrações plasmáticas de fluorouracilo ou outras fluoropirimidinas e, consequentemente, um aumento associado da toxicidade. Por este motivo, deve ser observado um intervalo de, no mínimo, 4 semanas entre a utilização de fluorouracilo e brivudina, sorivudina e análogos. No caso de administração acidental de nucleósidos análogos como, por exemplo, brivudina e sorivudina a doentes sob tratamento com fluorouracilo, devem ser tomadas medidas eficazes de redução da toxicidade do fluorouracilo. Pode ser indicado internamento hospitalar. Devem ser introduzidas todas as medidas necessárias para a proteção contra infecções sistémicas e desidratação. - Brivudina
Potencialmente Grave

Ácido salicílico + Fluorouracilo Sorivudina

Observações: n.d.
Interacções: A enzima dihidropirimidina desidrogenase (DPD) desempenha um papel importante na decomposição do fluorouracilo. Nucleósidos análogos como, por exemplo, a brivudina e a sorivudina podem causar um aumento drástico das concentrações plasmáticas de fluorouracilo ou outras fluoropirimidinas e, consequentemente, um aumento associado da toxicidade. Por este motivo, deve ser observado um intervalo de, no mínimo, 4 semanas entre a utilização de fluorouracilo e brivudina, sorivudina e análogos. No caso de administração acidental de nucleósidos análogos como, por exemplo, brivudina e sorivudina a doentes sob tratamento com fluorouracilo, devem ser tomadas medidas eficazes de redução da toxicidade do fluorouracilo. Pode ser indicado internamento hospitalar. Devem ser introduzidas todas as medidas necessárias para a proteção contra infecções sistémicas e desidratação. - Sorivudina
Potencialmente Grave

Ácido salicílico + Fluorouracilo Fenitoína

Observações: n.d.
Interacções: Foram notificados níveis elevados de fenitoína no plasma que originaram sintomas de intoxicação por fenitoína com a administração concomitante de fluorouracilo por via sistémica e fenitoína. - Fenitoína
Sem significado Clínico

Ácido salicílico + Fluorouracilo Metotrexato (MTX)

Observações: n.d.
Interacções: Não há evidência de absorção sistémica relevante de ácido salicílico, no entanto, o ácido salicílico absorvido pode interagir com o metotrexato e as sulfonilureias. - Metotrexato (MTX)
Sem significado Clínico

Ácido salicílico + Fluorouracilo Sulfonilureias

Observações: n.d.
Interacções: Não há evidência de absorção sistémica relevante de ácido salicílico, no entanto, o ácido salicílico absorvido pode interagir com o metotrexato e as sulfonilureias. - Sulfonilureias
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interacções do Ácido salicílico + Fluorouracilo
Informe o Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

Ácido salicílico + Fluorouracilo é contra-indicado durante a gravidez e amamentação.

Ácido salicílico + Fluorouracilo não pode ser utilizado em doentes com insuficiência renal.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Novembro de 2021