Viomicina

O que é
A Viomicina é um polipéptido cíclico isolado a partir de Streptomyces puniceus que é usada no tratamento da tuberculose.

A Viomicina actua bloqueando a translocação ribossómica bacteriana.
Usos comuns
Tratamento da tuberculose.
Tipo
Molécula pequena.
História
Sem informação.
Indicações
Tratamento da tuberculose.
Classificação CFT

N.D.

Mecanismo De Ação
Os antituberculosos, como a Viomicina, têm como alvo ribossomas bacterianos, RNA de ligação e perturbam a biossíntese de proteínas bacterianas.

Especificamente, a viomicina liga-se a um local no ribossoma que se encontra na interface entre a hélice 44 da pequena subunidade do ribossoma e hélice 69 da subunidade ribossomal grande.

As estruturas desse complexos sugerem que o viomicina inibe a translocação através da estabilização do ARNt no local A, no estado pré translocação.
Posologia Orientativa
Conforme prescrição médica.
Administração
Sem informação.
Contraindicações
Hipersensibilidade à Viomicina.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Sem informação.
Advertências

Sem informação.

Precauções Gerais
Sem informação.
Cuidados com a Dieta
Sem informação.
Terapêutica Interrompida
Não utilizar uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.
Cuidados no Armazenamento
Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espectro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Usar com precaução

Gentamicina + Viomicina

Observações: N.D.
Interações: Devido ao aumento do risco de aparecimento de efeitos indesejáveis, é necessário uma monitorização cuidadosa dos doentes tratados concorrentemente ou sequencialmente com fármacos potencialmente nefrotóxicos ou ototóxicos como por exemplo: Anfotericina B, colistina, ciclosporina, cisplatina, vancomicina, estreptomicina, viomicina, aminoglicosídeos, algumas cefalosporinas e diuréticos da ansa tais como o ácido etacrínico e furosemida. - Viomicina
Não recomendado/Evitar

Amicacina + Viomicina

Observações: N.D.
Interações: Produtos neurotóxicos ou nefrotóxicos: Deve-se evitar o uso simultâneo ou sequencial, por via sistémica, oral ou tópica, em particular de bacitracina, cisplatina, anfotericina B, gentamicina, tobramicina, Canamicina, neomicina, estreptomicina, cefaloridina, paramomicina, viomicina, polimixina B, colistina, vancomicina ou outros aminoglicosídeos, cidofovir e cefalosporinas; a indometacina provoca aumento da toxicidade sobretudo no período neonatal; em doentes com função renal diminuída pode haver redução da actividade dos aminoglicosídeos com o uso concomitante de penicilinas. - Viomicina
Não recomendado/Evitar

Netilmicina + Viomicina

Observações: N.D.
Interações: Deve ser evitado o uso concomitante e/ou sequencial, sistémico ou tópico, de outros fármacos potencialmente neurotóxicos e/ou nefrotóxicos, tais como a cisplatina, bacitracina, polimixina B, colistina, cefaloridina, anfotericina B, canamicina, aciclovir, gentamicina, amicacina, sisomicina, tobramicina, neomicina, estreptomicina, paromomicina, viomicina e vancomicina. - Viomicina
Usar com precaução

Vancomicina + Viomicina

Observações: N.D.
Interações: Outros medicamentos possivelmente nefrotóxicos ou ototóxicos: A utilização simultânea e/ou subsequente, de outros fármacos potencialmente neurotóxicos e/ou nefrotóxicos, como gentamicina, anfotericina B, estreptomicina, neomicina, canamicina, amicacina, tobramicina, viomicina, bacitracina, polimixina B, colistina ou cisplatina, pode potenciar a nefrotoxicidade e/ou ototoxicidade da vancomicina e, consequentemente, requer uma monitorização cuidadosa. Devido à acção sinérgica (por exemplo, com gentamicina) nestes casos a dose máxima de vancomicina tem de ficar restrita a 0,5 g a cada 8 horas. - Viomicina
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interações da Viomicina
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 26 de Novembro de 2020