Ureia (14C)

DCI com Advertência na Gravidez
O que é
Teste respiratório de diagnóstico.
Usos comuns
Este medicamento é apenas para uso em diagnóstico.

A cápsula faz parte de um teste respiratório que pode ser utilizado para determinar se tem uma infeção no estômago e/ou duodeno causada pela bactéria Helicobacter Pylori.

A ureia (14C), que é ligeiramente radioativa.

Após a administração o ar que expirar é recolhido e analisado.

Está infetado com a Helicobacter Pylori se se encontrar vestígios de radioatividade no ar expirado.

A quantidade de radioatividade por cápsula é baixa e de pequena infiltração.

Em plástico, a infiltração é de 0,25 mm, e não ultrapassa o seu recipiente padrão.

Este é um valor francamente inferior ao recebido num exame raio-X comum ao estômago.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Para diagnóstico in vivo da infeção por Helicobacter pylori no trato gastrointestinal (estômago e duodeno).
Classificação CFT
n.d.     n.d.
Mecanismo De Ação
O teste respiratório com ureia baseia-se na atividade da enzima urease da Helicobacter pylori conforme descrito em seguida:

Depois de ingerida, a cápsula desintegra-se rapidamente no estômago e a ureia marcada com (14C) alcança a mucosa gástrica.

Se estiver presente o Helicobacter pylori, a (14C) ureia é metabolizada em dióxido de carbono e amónia pela urease da Helicobacter pylori.

O dióxido de carbono é difundido para os vasos a sanguíneos, e é transportado em forma de bicarbonato para os pulmões e libertado como 14CO2 pelo ar expirado.

A urease é produzida no estômago somente por Helicobacter pylori.

Outras bactérias produtoras de urease são raramente encontradas no estômago.

Presença/ausência de Helicobacter pylori pode ser determinada medindo a presença de 14CO2 no ar expirado.

Na ausência de urease, toda a ureia administrada é absorvida no trato gastrointestinal e metabolizada como a ureia endogénica.

A amónia formada pela hidrólise bacteriológica é metabolizada em ião amónio.
Posologia Orientativa
Este medicamento é apenas para uso em diagnóstico.

A cápsula administrada por via oral é utilizada para detetar a presença de Helicobacter pylori ao medir o radioativo 14CO2 exalado num "teste de respiração" após a hidrólise enzimática da ureia marcada com 14C no trato gastrointestinal.

Adultos (>18 anos): Uma cápsula (37 kBq (14C) ureia) deve de ser ingerida com água, como administração única durante o período de teste.

Antes de fazer o teste o doente deverá ter feito jejum durante pelo menos 6 horas, de preferência durante a noite.

A cápsula deve ser ingerida inteira e não deve ser mastigada.

A cápsula deve ser usada em conjunto com um teste respiratório validado, como o HeliProbe que inclui um dispositivo de colheita do dióxido de carbono expirado e um analizador ou com qualquer outro sistema de teste desde que provido de um método analítico validado e realizado por um laboratório devidamente certificado.
Administração
Via oral.
Contraindicações
Não tome:
- se tem alergia (hipersensibilidade) à ureia (14C)
- se tem qualquer infecção no estômago, podendo resultar num falso positivo
- se está grávida
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Não são conhecidos quaisquer efeitos secundários.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante a gravidez
Precauções Gerais
Tome especial cuidado com:
- se foi sujeito a remoção total ou parcial do estômago
- se tem idade inferior a 18 anos
Cuidados com a Dieta
Deve fazer jejum pelo menos durante 6 horas, de preferência durante a noite, antes de tomar a cápsula, e deve evitar a ingestão de bebidas com açúcar ou calorias (por exemplo: sumo de fruta, limonada).

Pode beber água até que o teste seja efetuado.
Terapêutica Interrompida
Não aplicável.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não conservar acima de 25°C.

Manter o recipiente bem fechado de modo a proteger da humidade.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.

Ureia (14C) + Testes Laboratoriais/Diagnóstico

Observações: N.D.
Interações: O teste respiratório com ureia é afectado por todos os tratamentos que interferem com Helicobacter pylori tais como antibióticos, sais de bismuto, ou inibidores da secreção ácida. Supressão de Helicobacter pylori pode conduzir a falsos resultados negativos. Após o tratamento com antibióticos ou com sais de bismuto, deve esperar um mês antes de realizar o teste. Após tratamento com inibidores da secreção ácida, deve esperar pelo menos uma semana. Isto é muito importante especialmente após uma terapia de erradicação.

Ureia (14C) + Antibióticos

Observações: N.D.
Interações: O teste respiratório com ureia é afectado por todos os tratamentos que interferem com Helicobacter pylori tais como antibióticos, sais de bismuto, ou inibidores da secreção ácida. Supressão de Helicobacter pylori pode conduzir a falsos resultados negativos. Após o tratamento com antibióticos ou com sais de bismuto, deve esperar um mês antes de realizar o teste. Após tratamento com inibidores da secreção ácida, deve esperar pelo menos uma semana. Isto é muito importante especialmente após uma terapia de erradicação.

Ureia (14C) + Antiácidos

Observações: N.D.
Interações: O teste respiratório com ureia é afectado por todos os tratamentos que interferem com Helicobacter pylori tais como antibióticos, sais de bismuto, ou inibidores da secreção ácida. Supressão de Helicobacter pylori pode conduzir a falsos resultados negativos. Após o tratamento com antibióticos ou com sais de bismuto, deve esperar um mês antes de realizar o teste. Após tratamento com inibidores da secreção ácida, deve esperar pelo menos uma semana. Isto é muito importante especialmente após uma terapia de erradicação.

Ureia (14C) + Subcitrato de bismuto

Observações: N.D.
Interações: O teste respiratório com ureia é afectado por todos os tratamentos que interferem com Helicobacter pylori tais como antibióticos, sais de bismuto, ou inibidores da secreção ácida. Supressão de Helicobacter pylori pode conduzir a falsos resultados negativos. Após o tratamento com antibióticos ou com sais de bismuto, deve esperar um mês antes de realizar o teste. Após tratamento com inibidores da secreção ácida, deve esperar pelo menos uma semana. Isto é muito importante especialmente após uma terapia de erradicação.
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017