Trimebutina

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
O Trimebutina é um fármaco com efeito antimuscarínico e fraco efeito agonista opióide mu.

O produto principal do metabolismo de fármacos de trimebutina em seres humanos é nor-trimebutina, que provém da remoção de um dos grupos metílicos ligados ao nitrogénio.

A Trimebutina exerce os seus efeitos, em parte devido a causar uma activação prematura da fase III do complexo motor migratório no tracto digestivo.
Usos comuns
Antiespasmódico que actua no tracto gastrointestinal e que está indicado no tratamento das seguintes situações:
Tracto Digestivo Superior:
Refluxo gastro-esofágico: regurgitações, eructações (arrotos), pirose (azia).

Dispepsia: náuseas, vómitos, digestões lentas, dor epigástrica.

Tracto Digestivo Inferior:
Dor abdominal, distensão abdominal, gases, alteração do trânsito intestinal (diarreia e/ou prisão de ventre).
Tipo
Molécula pequena.
História
Sem informação.
Indicações
Antiespasmódico que actua no tracto gastrointestinal e que está indicado no tratamento das seguintes situações:
Tracto Digestivo Superior:
Refluxo gastro-esofágico: regurgitações, eructações (arrotos), pirose (azia).

Dispepsia: náuseas, vómitos, digestões lentas, dor epigástrica.

Tracto Digestivo Inferior:
Dor abdominal, distensão abdominal, gases, alteração do trânsito intestinal (diarreia e/ou prisão de ventre).
Classificação CFT

06.04 : Antiespasmódicos

Mecanismo De Acção
A trimebutina é o primeiro agonista encefalinérgico periférico com actividade moduladora da motricidade digestiva.

Este efeito modulador está melhor documentado no intestino delgado e no cólon.

A trimebutina estimula (induz a fase III do complexo motor migrante) ou inibe a motilidade intestinal.

O seu mecanismo de acção é dependente da sua ligação aos receptores opióides endógenos.
Posologia Orientativa
Adultos: A posologia habitual é de 1 comprimido 3 vezes por dia.

Ao fim de três dias, se persistirem os sintomas o médico deve ser consultado.
Administração
Via oral.
Contra-Indicações
Hipersensibilidade à Trimebutina.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Trimebutina demonstrou ser bem tolerado na dose recomendada, verificando-se uma baixa incidência de efeitos secundários.

Foram comunicados na pós-comercialização casos de hipersensibilidade (que envolveram principalmente a pele, como por ex.: dermatite de contacto, dermatite, prurido, urticária) e de reacções subcutâneas graves.

Foram também comunicados casos de erupção cutânea, dores de cabeça, boca seca, diarreia, epigastralgias (dores de estômago), náuseas, soluços, vertigens e fraqueza.

As comunicações de sensação de desmaio/desmaio ocorreram principalmente com a formulação injectável.
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:A prescrição deste medicamento a mulheres grávidas, especialmente durante os três primeiros meses de gestação, deverá ser feita com precaução. Apesar de não se preverem efeitos nocivos na mãe ou na criança, a utilização da trimebutina durante o segundo e terceiro trimestres de gravidez só deverá ser considerada se necessário.
Aleitamento
Aleitamento
Aleitamento:A trimebutina mostrou ser excretada em pequenas quantidades (0,04%) no leite materno do rato, razão pela qual se deve evitar o seu uso durante o aleitamento.
Precauções Gerais
Informe o médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.

É provável que existam interacções com a utilização simultânea de outros medicamentos que estimulem a motilidade gastrointestinal (por exemplo, o cisaprida), ou que ocorra aumento dos efeitos indesejáveis relacionados com a utilização simultânea de fármacos anticolinérgicos.
Cuidados com a Dieta
Sem informação.
Terapêutica Interrompida
Não utilize uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.
Cuidados no Armazenamento
Não necessita de quaisquer precauções especiais de conservação.

Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais de estimação.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
Espectro de susceptibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Trimebutina Cisaprida

Observações: É provável que exista antagonismo farmacodinâmico relacionado com a utilização concomitante de fármacos que estimulam a motilidade gastrointestinal (por exemplo, o cisaprida), ou que ocorra potenciação dos efeitos indesejáveis relacionados com a utilização concomitante de fármacos anticolinérgicos.
Interacções: É provável que exista antagonismo farmacodinâmico relacionado com a utilização concomitante de fármacos que estimulam a motilidade gastrointestinal (por exemplo, o cisaprida), ou que ocorra potenciação dos efeitos indesejáveis relacionados com a utilização concomitante de fármacos anticolinérgicos. - Cisaprida
Potenciadora do efeito Terapêutico/Tóxico

Trimebutina Anticolinérgicos

Observações: É provável que exista antagonismo farmacodinâmico relacionado com a utilização concomitante de fármacos que estimulam a motilidade gastrointestinal (por exemplo, o cisaprida), ou que ocorra potenciação dos efeitos indesejáveis relacionados com a utilização concomitante de fármacos anticolinérgicos.
Interacções: É provável que exista antagonismo farmacodinâmico relacionado com a utilização concomitante de fármacos que estimulam a motilidade gastrointestinal (por exemplo, o cisaprida), ou que ocorra potenciação dos efeitos indesejáveis relacionados com a utilização concomitante de fármacos anticolinérgicos. - Anticolinérgicos
Identificação dos símbolos utilizados na descrição das Interacções da Trimebutina
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica (OTC), Produtos de Saúde, Suplementos Alimentares ou Fitoterapêuticos.

A prescrição deste medicamento a mulheres grávidas, especialmente durante os três primeiros meses de gestação, deverá ser feita com precaução. Apesar de não se preverem efeitos nocivos na mãe ou na criança, a utilização da trimebutina durante o segundo e terceiro trimestres de gravidez só deverá ser considerada se necessário.

A trimebutina mostrou ser excretada em pequenas quantidades (0,04%) no leite materno do rato, razão pela qual se deve evitar o seu uso durante o aleitamento.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Novembro de 2021