Tecnécio (99mTc) sestamibi

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento Uso Hospitalar
O que é
Este medicamento é apenas para uso em diagnóstico.

Depois de Tecnécio Sestamibi ser injetado, acumula-se temporariamente em certas partes do corpo.

Esta substância radiofarmacêutica contém uma pequena quantidade de radioatividade que pode ser detetada do exterior do corpo utilizando máquinas especiais.

A imagem produzida é conhecida por "scan".

Este "scan" apresentará a acumulação de radioatividade no corpo, num órgão ou numa massa ou nódulo.

Deste modo pode dar ao seu médico informações valiosas sobre a estrutura e a função de um órgão ou sobre a localização, por exemplo, de um tumor.

Tecnécio Sestamibi é utilizado para estudar a circulação sanguínea, especialmente a circulação sanguínea no coração e para determinar a presença e a localização de quaisquer áreas lesadas do músculo cardíaco causadas por insuficiente circulação sanguínea no coração.

Tecnécio Sestamibi também é utilizado no diagnóstico do cancro da mama além de outros métodos de diagnóstico quando os resultados não são claros.

Tecnécio Sestamibi também pode ser utilizado para localizar tecido hiperativo da glândula paratiroideia, que pode causar uma atividade anormalmente elevada deste órgão.

O médico obterá uma imagem ("scan") do órgão em questão utilizando uma máquina especial.

A área onde se acumula o composto radioativo aparecerá na imagem e ajudará o médico no diagnóstico.


Usos comuns
Este medicamento é apenas para uso em diagnóstico.

Após reconstituição com solução injetável de pertecnetato tecnécio (99mTc) de sódio, a solução de Tecnécio (99mTc) Sestamibi obtida está indicada:
- Cintigrafia de perfusão do miocárdio
Deteção e localização de doença arterial coronária (angina e enfarte do miocárdio)
- Avaliação da função ventricular global
Técnica de primeira passagem para determinação da fração de ejeção e/ou SPECT com gating por ECG para avaliação da fração de ejeção ventricular esquerda, volumes e movimento regional da parede.

- Cintimamografia para deteção de cancro da mama
Deteção do cancro da mama quando a mamografia é equívoca, inadequada ou indeterminada.

- Localização de tecido paratiroideu hiperfuncionante em doentes com hipertiroidismo recorrente ou persistente e em doentes programados para cirurgia das glândulas paratiroideias.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Este medicamento é apenas para uso em diagnóstico.

Após reconstituição com solução injetável de pertecnetato tecnécio (99mTc) de sódio, a solução de Tecnécio (99mTc) Sestamibi obtida está indicada:
- Cintigrafia de perfusão do miocárdio
Deteção e localização de doença arterial coronária (angina e enfarte do miocárdio)
- Avaliação da função ventricular global
Técnica de primeira passagem para determinação da fração de ejeção e/ou SPECT com gating por ECG para avaliação da fração de ejeção ventricular esquerda, volumes e movimento regional da parede.

- Cintimamografia para deteção de cancro da mama
Deteção do cancro da mama quando a mamografia é equívoca, inadequada ou indeterminada.

- Localização de tecido paratiroideu hiperfuncionante em doentes com hipertiroidismo recorrente ou persistente e em doentes programados para cirurgia das glândulas paratiroideias.
Classificação CFT
19.05.08     Radiofármacos de tecnécio
Mecanismo De Ação
Sem informação.
Posologia Orientativa
O intervalo de atividades sugerido para administração intravenosa a um doente de peso médio (70 kg) é:
Diagnóstico de perfusão coronária diminuída e de enfarte do miocárdio:
400 – 900 MBq
Avaliação da função ventricular global:
600 – 800 MBq
Injetado sob a forma de um bólus
Para o diagnóstico de doença cardíaca isquémica são necessárias duas injeções (em esforço e em repouso) para diferenciar entre a captação miocárdica com diminuição transitória e a captação miocárdica com diminuição persistente.

O intervalo de atividades recomendado para o diagnóstico da doença cardíaca isquémica de acordo com a orientação europeia para procedimentos é
– Protocolo de dois dias: 600 – 900 MBq/estudo
– Protocolo de um dia: 400 – 500 MBq para a primeira injeção, três vezes mais para a segunda injeção.

Não se deve administrar uma dose superior a um total de 2.000 MBq durante um protocolo de um dia e a um total de 1.800 MBq durante um protocolo de dois dias.

Durante o protocolo de um dia, as duas injeções (em esforço e em repouso) devem ser administradas com um intervalo mínimo de duas horas, mas podem ser efetuadas independentemente da ordem.

Depois da injeção em esforço, deve encorajar-se o exercício durante mais um minuto (se possível).

Para o diagnóstico de enfarte do miocárdio pode ser suficiente uma injeção em repouso.

A injeção de atividades superiores aos NRDs locais (Níveis de Referência para Diagnóstico) deverá ser justificada.

Para imagiologia mamária: 740 – 925 MBq
Injetada sob a forma de bólus no braço oposto ao da lesão
Para imagiologia da paratiroide: 200 – 750 MBq
Injetado sob a forma de um bólus
A atividade utilizada deverá em todos os casos ser o mais baixo possível.

A utilização em crianças e em adolescentes tem de ser cuidadosamente considerada com base nas suas necessidades clínicas e após avaliação da relação benefício- risco neste grupo de doentes.
Administração
Via intravenosa.
Contraindicações
Hipersensibilidade ao Tecnécio (99mTc) sestamibi.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Perturbações gerais e alterações no local de administração:
Frequentes: Pode observar-se, imediatamente após a injeção, ocorrência de um sabor metálico ou amargo, parcialmente associado a boca seca e a uma alteração do sentido do cheiro.

Raros: Febre, fadiga, tonturas, dor transitória de tipo artrítica.

Cardiopatias:
Pouco frequentes: Dor torácica/angina de peito, ECG anormal.

Raros: Arritmia.

Doenças gastrointestinais:
Pouco frequentes: Náuseas
Raros: Dor abdominal.

Doenças do sistema nervoso:
Pouco frequentes: Cefaleias
Raros: Convulsões (pouco depois da administração), síncope.

Doenças do sistema imunitário:
Raros: Reações graves de hipersensibilidade como dispneia, hipotensão, bradicardia, astenia e vómitos (geralmente no período de duas horas após a administração), angioedema.

Afeções dos tecidos cutâneos e subcutâneos:
Raros: Reações alérgicas cutâneas e mucosas com exantema (prurido, urticária, edema), vasodilatação, reações locais no local de injeção, hipoestesia e parestesia, rubores.

Muito raros: Descreveram-se outras reações de hipersensibilidade em doentes predispostos.

Desconhecido (não pode ser calculado a partir dos dados disponíveis): Eritema multiforme.

Se ocorrerem reações de hipersensibilidade, a administração do medicamento deve ser imediatamente interrompida e, se necessário, iniciado o tratamento intravenoso.

Os medicamentos e equipamento respetivos (por exemplo, tubo endotraqueal e ventilador) devem estar imediatamente disponíveis.

Outras patologias
A exposição à radiação ionizante está relacionada com a indução de cancro e um potencial para o desenvolvimento de defeitos hereditários.

Como a maioria dos exames complementares de diagnóstico com medicamentos radioativos são efetuados com doses de radiação baixas inferiores a 20 mSv, prevê-se que estes acontecimentos adversos ocorram com uma baixa probabilidade.
A dose eficaz calculada com uma atividade máxima recomendada de 2.000 MBq (500 MBq em repouso e 1.500 MBq em esforço) para um protocolo de 1 dia é de 16,3 mSv.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Todos os trimestres: C - Não há estudos adequados em mulheres. Em experiências animais ocorreram alguns efeitos colaterais no feto, mas o benefício do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez.
Aleitamento
Aleitamento:Não administrar durante a amamentação.
Precauções Gerais
O conteúdo do frasco para injetáveis destina-se apenas a ser utilizado na preparação de Tecnécio (99mTc) Sestamibi e não pode ser administrado diretamente ao doente sem primeiro ser submetido ao procedimento de preparação.

Recém-nascidos, bebés, crianças e adolescentes, ver posologia.

Nos exames cintigráficos do miocárdio em condições de esforço, devem considerar-se as contraindicações e precauções gerais associadas à indução de esforço ergométrico ou farmacológico.

Devido à potencial lesão tecidular, deve evitar-se estritamente a injeção fora dos vasos deste medicamento radioativo.

No caso de insuficiência renal, a exposição à radiação ionizante pode estar aumentada.
Este aumento deve ser considerado ao calcular-se a atividade a ser administrada.

Em doentes com uma função hepatobiliar diminuída, é necessária uma consideração muito cuidadosa dado ser possível que a exposição à radiação esteja aumentada nestes doentes.

É possível que lesões mamárias com menos de 1 cm de diâmetro não sejam todas detetadas com cintimamografia dado que a sensibilidade de Tecnécio (99mTc) Sestamibi para a deteção destas lesões é baixa.
Um exame negativo não exclui cancro da mama especialmente neste tipo de lesão tão pequena.

São necessárias uma hidratação correta e uma micção frequente para diminuir a irradiação da bexiga.

Os radiofármacos devem ser utilizados apenas por pessoal qualificado com a autorização governamental apropriada para utilização e manipulação de radionuclídeos.
A sua receção, conservação, utilização, transferência e eliminação são sujeitas a regulamentos e/ou a autorizações apropriadas das organizações oficiais competentes locais.

A exposição à radiação ionizante deve ser justificada para cada doente com base no benefício provável.
A atividade administrada deve ser tal que a dose de radiação resultante seja o mais baixo possível, tendo em consideração a necessidade de se obter o diagnóstico previsto ou o resultado terapêutico desejado.

Os radiofármacos devem ser preparados pelo utilizador de forma a satisfazer simultaneamente os requisitos de segurança radioativa e os de qualidade farmacêutica.
Devem ser tomadas precauções assépticas apropriadas, em conformidade com as Boas Práticas de Fabrico de produtos farmacêuticos.

Se ocorrerem reações de hipersensibilidade ou anafilactóides, a administração do medicamento deve ser imediatamente interrompida e, se necessário, iniciado o tratamento intravenoso.
Para permitir uma ação imediata em emergências, devem estar imediatamente disponíveis os medicamentos e equipamento necessários, como por exemplo, tubo endotraqueal e ventilador.


Cuidados com a Dieta
Se o medicamento for utilizado para obter imagens do coração, será informado de que não pode comer durante pelo menos 4 horas antes do exame.

Após a injeção, mas antes de lhe ser efetuado o exame de imagiologia ("scan"), dir-lhe-ão para comer, se possível, uma refeição pobre em gorduras ou para beber um ou dois copos de leite a fim de diminuir a radioatividade no seu corpo e melhorar a imagem.



Terapêutica Interrompida
Este medicamento é administrado em meio hospitalar.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.

Não conservar acima de 25°C.

Manter os frascos para injetáveis dentro da embalagem exterior para proteger da luz.

Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.

Tecnécio (99mTc) sestamibi + Bloqueadores da entrada de cálcio (antagonistas de cálcio)

Observações: Não foram descritas interações medicamentosas até à data.
Interações: Os medicamentos que afectam a função do miocárdio e/ou o fluxo de sangue podem causar resultados falsos negativos no diagnóstico da doença das artérias coronárias. Por este motivo, a medicação concomitante deve ser tomada em linha de conta ao interpretar os resultados do exame cintigráfico.

Tecnécio (99mTc) sestamibi + Nitratos

Observações: Não foram descritas interações medicamentosas até à data.
Interações: Os medicamentos que afectam a função do miocárdio e/ou o fluxo de sangue podem causar resultados falsos negativos no diagnóstico da doença das artérias coronárias. Por este motivo, a medicação concomitante deve ser tomada em linha de conta ao interpretar os resultados do exame cintigráfico.

Tecnécio (99mTc) sestamibi + Bloqueadores beta-adrenérgicos

Observações: Não foram descritas interações medicamentosas até à data.
Interações: Os medicamentos que afectam a função do miocárdio e/ou o fluxo de sangue podem causar resultados falsos negativos no diagnóstico da doença das artérias coronárias. Por este motivo, a medicação concomitante deve ser tomada em linha de conta ao interpretar os resultados do exame cintigráfico.
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

Não administrar durante a gravidez e amamentação.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 11 de Outubro de 2017