Sulfato ferroso + Ácido fólico

DCI com Advertência na Gravidez DCI/Medicamento Sujeito a Receita Médica (a ausência deste simbolo pressupõe Medicamento Não Sujeito a Receita Médica)
O que é
Sulfato ferroso é um tipo de ferro.

Ingerimos o ferro a partir dos alimentos que comemos.

No corpo, o ferro torna-se uma parte de sua hemoglobina (HeeM o glo bin) e mioglobina (MY o glo bin).

A hemoglobina transporta oxigénio através do sangue para os tecidos e órgãos.

A mioglobina ajuda as células musculares a armazenar o oxigénio.

O Ácido fólico ajuda o corpo a produzir e manter novas células e também ajuda a impedir alterações no DNA que podem conduzir ao cancro.

Sulfato ferroso e Ácido fólico é usado para o tratamento de anemia por deficiência de ferro (ausência de células vermelhas do sangue causadas por ter muito pouco ferro no organismo).
Usos comuns
Profilaxia e tratamento da anemia da gravidez.

Tratamento da deficiência de ferro e prevenção da deficiência concomitante de ácido fólico no adulto.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
Prevenção dos défices em ferro e em ácido fólico durante a gravidez e lactação.
Classificação CFT
04.01.02     Outros medicamentos para tratamento das anemias
Mecanismo De Ação
As necessidades de ácido fólico na gravidez podem ser satisfeitas com suplementos entre 300 e 400 microgramas por dia.

Sem esses suplementos pode desenvolver-se deficiência de folatos, levando a anemia megaloblástica, com riscos obstétricos concomitantes.

Doses superiores a 400 microgramas podem mascarar deficiência não diagnosticada de Vitamina B12.

Considerando que é pouco provável a ocorrência desta situação numa mulher grávida, a dose profilática de segurança é considerado como sendo de 350 microgramas.

Aproximadamente dois terços do ácido fólico apresentam ligação às proteinas plasmáticas.

Metade do ácido fólico armazenado no organismo encontra-se no fígado.

O ácido fólico concentra-se também no líquido cefalorraquidiano.

O ferro, um mineral essencial, é um componente da hemoglobina, mioglobina e de numerosas enzimas.

O conteúdo total de ferro no organismo é de aproximadamente 50 mg/Kg no homem e 35 mg/Kg na mulher.

O ferro encontra-se no organismo principalmente sob a forma de hemoglobina.

A reserva sob a forma de ferritina ocorre no fígado, baço e medula óssea.

Aproximadamente dois terços do conteúdo total de ferro do organismo encontra-se na hemoglobina, que é o veículo de transporte do oxigénio no sangue.

Após normalização da hemoglobina, a continuação do tratamento com ferro durante três meses ajudará a reabastecer as reservas de ferro no organismo.
Posologia Orientativa
Adultos - Via oral: 1 comprimido/dia. Profilaxia e terapêutica.

Nota: 1 comprimido de 256,3 mg de sulfato ferroso contém cerca de 80 mg de ferro trivalente; 1 comprimido de 288 mg contém cerca de 90 mg de ferro trivalente; 1 comprimido de 325 mg contém cerca de 105 mg de ferro trivalente.
Administração
Sem informação.
Contraindicações
Esta associação não deve usar-se para profilaxia das malformações do tubo neural em mulheres que planeiam uma gravidez, nem para o tratamento das anemias megaloblásticas.
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Náuseas, dor epigástrica, obstipação ou diarreia.
Advertências
Gravidez
Gravidez:Pode ser administrado durante a gravidez.
Precauções Gerais
Os comprimidos não devem ser mastigados.

Manter fora do alcance das crianças.

A intoxicação pelo ferro nos adultos é muito rara, no entanto, pode acontecer em crianças.

Em caso de sobredosagem acidental consultar um médico imediatamente.

A formulação de libertação controlada pode constituir um risco nalguns idosos ou outros doentes que sofram de atraso no trânsito intestinal.

A anemia perniciosa é rara na mulher em idade fértil e é menos provável durante a gravidez dado que a deficiência em Vitamina B12 reduz a fertilidade.

No entanto, o ácido fólico, na dose recomendada, pode ocultar as manifestações neurológicas da anemia perniciosa.

A administração da formulação de libertação controlada pode constituir um risco nalguns idosos ou outros doentes que sofram de atraso no trânsito intestinal.

Após a ingestão de preparações de ferro as fezes apresentam cor negra que pode interferir na deteção de sangue oculto nas fezes.
Cuidados com a Dieta
Os comprimidos devem ser tomados em jejum, sem mastigar.
Terapêutica Interrompida
Tome a dose assim que se lembrar. Se for quase altura da sua próxima dose, ignore a dose esquecida e tome o medicamento à hora marcada. Não tome medicamento extra para compensar a dose esquecida.
Cuidados no Armazenamento
Não conservar acima de 25°C, em local seco.
Espetro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.

Sulfato ferroso + Ácido fólico + Alimentos/Bebidas (Soja, fitinas, fitatos, oxalatos, taninos, pectinas)

Observações: N.D.
Interações: Os antiácidos, os sais de magnésio e de cálcio, os fosfatos e a colestiramina, assim como o café e o chá preto, podem inibir a reabsorção do ferro.

Sulfato ferroso + Ácido fólico + Tetraciclinas

Observações: N.D.
Interações: Sulfato ferroso / Ácido fólico não deve ser prescrito simultaneamente com tetraciclinas e seus derivados.

Sulfato ferroso + Ácido fólico + Antiácidos

Observações: N.D.
Interações: Os antiácidos, os sais de magnésio e de cálcio, os fosfatos e a colestiramina, assim como o café e o chá preto, podem inibir a reabsorção do ferro.

Sulfato ferroso + Ácido fólico + Magnésio

Observações: N.D.
Interações: Os antiácidos, os sais de magnésio e de cálcio, os fosfatos e a colestiramina, assim como o café e o chá preto, podem inibir a reabsorção do ferro.

Sulfato ferroso + Ácido fólico + Cálcio

Observações: N.D.
Interações: Os antiácidos, os sais de magnésio e de cálcio, os fosfatos e a colestiramina, assim como o café e o chá preto, podem inibir a reabsorção do ferro.

Sulfato ferroso + Ácido fólico + Colestiramina

Observações: N.D.
Interações: Os antiácidos, os sais de magnésio e de cálcio, os fosfatos e a colestiramina, assim como o café e o chá preto, podem inibir a reabsorção do ferro.

Sulfato ferroso + Ácido fólico + Fosfatos

Observações: N.D.
Interações: Os antiácidos, os sais de magnésio e de cálcio, os fosfatos e a colestiramina, assim como o café e o chá preto, podem inibir a reabsorção do ferro.
Deverá comunicar ao seu médico ou farmacêutico quaisquer efeitos indesejáveis detetados.
Informação revista e atualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 10 de Março de 2016