Selénio (75Se) ácido taurosselcólico

DCI com Advertência na Gravidez DCI com Advertência no Aleitamento
O que é
O SeHCAT (ácido 23-seleno-25-homotaurocólico, taurina de selênio, ácido homocólico ou ácido tauroselquólico) é um medicamento usado em um teste clínico para diagnosticar a má absorção do ácido biliar.

O Selénio (75Se) é usado em preparações radiofarmacêuticas (radiofármacos).

O Selénio (do grego, resplendor da lua) é um elemento químico de símbolo Se, número atómico 34 e com massa atómica de 78 u. Em condições normais de temperatura e pressão, o Selénio encontra-se no estado sólido. É um não metal do grupo dos calcogénios (16 ou VIA) da Classificação Periódica dos Elementos.
Usos comuns
– Avaliação da má absorção de ácidos biliares e determinar a sua perda.
– Avaliação do papel do íleo.
– Avaliação das doenças inflamatórias do intestino.
– Avaliação de diarréia crónica.
– Estudo da circulação entero-hepática.
Tipo
Sem informação.
História
Sem informação.
Indicações
– Avaliação da má absorção de ácidos biliares e determinar a sua perda.
– Avaliação do papel do íleo.
– Avaliação das doenças inflamatórias do intestino.
– Avaliação de diarréia crónica.
– Estudo da circulação entero-hepática.
Classificação CFT

19.05 : PREPARAÇÕES RADIOFARMACÊUTICAS (Radiofármacos)

Mecanismo De Ação
Radiofármaco.

O Ácido tauroselcólico (75mSe) é um análogo de ácidos biliares capazes radiofármaco de emitir radiações ionizantes após a administração.

Carece de efeitos farmacodinâmicos relevantes a uma parte da radioactividade, que é retida no tracto biliar, fígado e intestino.
Posologia Orientativa
– Adultos, oral: 370 kBq.
– Crianças e adolescentes menores de 18 anos, oral: Não avaliado para a segurança e eficácia, por isso, recomenda-se avaliar cuidadosamente a relação risco benefício. Se utilizado, administrar a mesma dose que os adultos.
Administração
Via oral.
Contraindicações
Hipersensibilidade ao ácido tauroselcólico (75mSe)
Efeitos Indesejáveis/Adversos
Não se espera que aparecem muitas reacções adversas, devido à baixa radioactividade administrada, com uma dose eficaz de apenas 0,25 mSv.
– Alérgica (reacções de hipersensibilidade).
Advertências
Gravidez
Gravidez
Gravidez:Não administrar durante a gravidez
Aleitamento
Aleitamento
Aleitamento:A amamentação deve ser descontinuada por pelo menos 3-4 horas após a administração, os alimentos descartados nesse período, em conformidade com as normas locais relativas à eliminação de produtos radioativos.
Precauções Gerais
– Insuficiência hepática ou cólica biliar. Pode aumentar ácido tauroselcólico retenção (75mSe), com o aumento do risco de radiação.

– O Ácido tauroselcólico (75mSe) é um radiofármaco, por isso as precauções habituais deve ser maximizado em medicina nuclear, quando a administração de medicamentos e eliminar o desperdício.
Cuidados com a Dieta
Não interfere com alimentos e bebidas.
Terapêutica Interrompida
Não utilize uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.
Cuidados no Armazenamento
Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Armazenar a 15-25 ° C, protegidos da luz.
Espectro de Suscetibilidade e Tolerância Bacteriológica
Sem informação.
Informe o seu Médico ou Farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.

A administração de Ácido tauroselcólico (75mSe) só será aceite se não existirem alternativas terapêuticas mais seguras, e os benefícios para a mãe superarem os potenciais riscos fetais.

Em caso de necessidade de administrar um medicamento radioativo nas mulheres em idade fértil devem ser investigadas antes da existência de uma possível gravidez, e em caso de dúvida, assumir que a mulher está grávida, a menos que se prove o contrário.
Em caso de dúvida, sugerimos que a exposição à radiação é baixo para imagens de diagnóstico.

Recomenda-se interromper a amamentação ou retardar a administração do radiofármaco até que possa parar de amamentar. Pode ser aconselhável que o leite da mãe seja extraído e congelado para uso posterior.

Em qualquer caso, a amamentação deve ser descontinuada por pelo menos 3-4 horas após a administração, os alimentos descartados nesse período, em conformidade com as normas locais relativas à eliminação de produtos radioativos.

A amamentação pode ser retomada quando o nível de radioactividade no leite envolve um nível de menos de 1 mSv radioactividade.
Informação revista e actualizada pela equipa técnica do INDICE.EU em: 26 de Novembro de 2020